20 anos da APCA em prol da cirurgia ambulatória

20 anos da APCA em prol da cirurgia ambulatória

414

A Associação Portuguesa de Cirurgia Ambulatória (APCA) organizou na cidade do Porto, a 15 de setembro, Dia do Serviço Nacional da Saúde, uma sessão comemorativa do seu vigéssimo aniversário, homenageando 10 personalidades que marcaram a cirurgia ambulatória nos últimos 20 anos.

“Esta sessão pretendeu reviver a história do aparecimento da cirurgia de ambulatório em Portugal, tendo sido apresentado um vídeo institucional desenvolvido pela APCA, onde foram apresentados os factos e datas mais relevantes deste percurso”, refere Carlos Magalhães, presidente da APCA.

E acrescenta: “Ao mesmo tempo a APCA homenageou 10 personalidades que se destacaram nestes 20 anos da história da cirurgia ambulatória em Portugal e que tiveram um contributo decisivo, para que o nosso país pudesse ocupar uma posição de destaque no panorama Mundial”.

As personalidades homenageadas foram: Dr. Manuel Seca, Dr. Paulo Lemos, Dr. Lima Cardoso, Enf. Argentina Neves, Enf. Fátima Malafaia, Dr. Alberto Roxo, Dr. Mahomed Americano, Dra. Cláudia Borges, Dr. Eurico Castro Alves e Dr. Fernando Araújo.

A cirurgia em regime de ambulatório tem tido, nos últimos anos, em Portugal, um desenvolvimento positivo, sendo que o principal fator de sucesso e desenvolvimento tem sido a sua característica multidisciplinar, envolvendo diferentes grupos profissionais, assim como a garantia de segurança e de elevados índices de qualidade no tratamento dos nossos doentes.

A Associação Portuguesa de Cirurgia Ambulatória (APCA) é uma instituição com o estatuto de utilidade pública e foi criada em setembro de 1998. O seu principal objetivo é a promoção da cirurgia de ambulatório, a nível nacional, contribuindo para o seu crescimento e implementação.

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*


CAPTCHA Image

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close