A Airbnb promove experiências turísticas com animais

A Airbnb promove experiências turísticas com animais

163

A Airbnb anunciou hoje o lançamento da nova categoria Experiências com animais, iniciativa que oferece aos viajantes a oportunidade de os compreender melhor, com a ajuda de anfitriões especializados e cuidadosos, definindo um novo padrão para o turismo animal.

Com um total de 1.000 experiências lideradas por mais de 300 espécies e pelos seus defensores humanos, os hóspedes na plataforma podem agora fazer stand up paddle com corgis, caiaque com conservacionistas marinhos, aprender com apicultores urbanos ou, até mesmo, conhecer um bulldog “skater”.

Em Portugal, algumas das experiências disponíveis na plataforma incluem observar golfinhos, passear cães abandonados ou observar e fotografar abutres.

Estas Experiências com animais na Airbnb proporcionam uma nova forma de ligação com os animais em todo o mundo, de maneira a que, até os citadinos mais convictos, vão poder redescobrir a natureza, tanto através de passeios com cães de resgate e encontros com alpacas, como através da partilha de momentos carinhosos com vacas.

Os hóspedes vão poder interagir com animais em lugares que permitem uma observação respeitadora e que proporcionam uma sensação de ligação com as espécies, e que vai além das selfies e dos espetáculos com animais. Os mais aventureiros vão poder ajudar a salvar cachorros abandonados em Chernobyl, ou até descobrir a raposa do Ártico.

Com este lançamento, a plataforma estende a sua missão para além da humanidade e compromete-se a proteger o bem-estar dos animais em todas as experiências. Atualmente estão disponíveis mais de 40.000 experiências em mais de 1.000 cidades em todo o mundo e, entre elas, as Experiências com animais, que seguem uma nova e rigorosa política de bem-estar animal, criada em colaboração com a World Animal Protection.

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*


CAPTCHA Image

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close