A Alzheimer Portugal e a APCP assinaram acordo de colaboração

A Alzheimer Portugal e a APCP assinaram acordo de colaboração

0

A Alzheimer Portugal e a Associação Portuguesa de Cuidados Paliativos (APCP) encerram o mês de Abril com um acordo de colaboração, que tem como principal objetivo promover o desenvolvimento dos Cuidados Paliativos em Portugal.

De acordo com Duarte Soares, Presidente da APCP, “as demências serão o maior desafio dos cuidados paliativos nas próximas décadas, sendo que as estimativas europeias mais conservadoras apontam para o triplicar do número de diagnósticos. Paralelamente, o desafio clínico na identificação e abordagem das necessidades complexas destes doentes implicará necessariamente um forte investimento na formação tanto de profissionais como de cuidadores.”

Para José Carreira, Presidente da Alzheimer Portugal, “a gestão e acompanhamento do acordo, que serão feitos em conjunto, vão possibilitar uma maior eficácia no trabalho a realizar em prol do progresso dos Cuidados Paliativos no nosso país, seja através da definição de linhas orientadoras, ou da criação de condições para a partilha de conhecimento científico e clínico”.

Entre as ações propostas para os próximos três anos estão a manutenção dos mesmos direitos para os associados de cada associação, nomeadamente no valor das inscrições em atividades científicas organizadas pela associação congénere, ou a promoção de encontros que o intuito de partilhar conhecimento e experiência na área em questão.

Alzheimer Portugal

A Alzheimer Portugal é certificada como Entidade Formadora pela DGERT (Direção Geral do Emprego e das Relações de Trabalho), desde 2006. Para mais informações sobre o plano de formação ou inscrições pode consultar o site: http://alzheimerportugal.org/, ou enviar um email para [email protected]

Associação Portuguesa de Cuidados Paliativos

A APCP é uma associação profissional que congrega profissionais de múltiplas áreas e proveniências, que se interessam pelo desenvolvimento e prática dos cuidados paliativos. Fundada na Unidade do IPO do Porto em 1995, pretende ser um polo dinamizador dos cuidados paliativos no nosso país e um parceiro privilegiado no trabalho com as autoridades responsáveis pelo desenvolvimento destes serviços.

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close