A criminalidade participada continua a baixar desde 2008!

184

A violência doméstica e a delinquênia juvenil aumentaram em 2014 segundo os dados do RASI divulgados esta segunda feira, que apontam para uma descida da criminalidade geral na ordem dos 6,7%, quando comparada com 2013.

O relatório foi apresentado em conferência de imprensa por Helena Fazenda, a Secretária Geral do Sistema de Segurança Interna, que colocou o enfâse na criminalidade participada, que em 2014 registou 343.768 participações, menos 24.684 que as verificadas em 2013.

A criminalidade grave e violenta, também apresentou uma baixa na ordem dos 5,4%, menos 1086 participações que em 2013, mas foi nos distritos de Braga, Bragança, Portalegre, Porto, Viana do Castelo e Vila Real, que este tipo de criminalidade registou maiores aumentos.

Ao nível das participações, Lisboa, Setúbal e Porto, são os distritos que em conjunto somaram mais de 50% das participações em todo o país.

O cibercrime ainda não preocupa a tutela, uma variante em que os números não parecem ser significativos, apesar de já terem sido criados departamentos de polícia específicos, para investigar e combater este tipo de crimes.

O crime por homicidio baixou 13%, os carteiristas deram origem a um número superior às 3.721 participações”, os assaltos a bancos, estações de correios, ourivesarias e farmácias, também deminuiram.

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*


CAPTCHA Image

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close