Os voos da TAP partem de Lisboa às quartas, sextas e domingos às 19h15, com chegada a Conacri às 22h55 e, no sentido inverso, partem da capital da Guiné Conacri

A TAP inaugurou a nova rota Lisboa / Conacri

324

A TAP inaugurou na quarta-feira a sua nova rota que liga Lisboa a Conacri com três voos por semana.

Os voos da TAP partem de Lisboa às quartas, sextas e domingos às 19h15, com chegada a Conacri às 22h55 e, no sentido inverso, partem da capital da Guiné Conacri às 23h45 dos mesmos dias da semana, com chegada à capital portuguesa às 05h10 (horas locais) do dia seguinte.

Os voos entre Lisboa e Conacri estão disponíveis desde 299 euros (ida), com todas as taxas incluídas. Para os Clientes TAP Miles & Go, as viagens para Conacri estão disponíveis a partir de 23.500 milhas, one-way.

Conacri é um dos grandes centros urbanos da África Ocidental, onde o ideal é deixar-se levar pelo espírito algo caótico da cidade. Não muito longe, é fácil encontrar verdadeiros paraísos. As Îles de Los – do português “Ilhas dos Ídolos” – são a opção mais fácil de fugir do caos urbano. Num estado quase selvagem, as ilhas oferecem paisagens que incluem florestas verdejantes e praias incríveis. Pode encontrar mais informações sobre este destino em flytap.com/pt-pt/destinos/guine/conacri

Com o início desta nova rota para o continente africano, a TAP passa a integrar na sua rede de destinos um total de 17 cidades africanas em 11 países: além de Conacri (Guiné Conacri), também Luanda (Angola), Maputo (Moçambique), S. Tomé (S. Tomé e Príncipe), Bissau (Guiné Bissau), Praia, Sal, São Vicente e Boa Vista (Cabo Verde), Marraquexe, Casablanca, Tânger e Fez (Marrocos), Dakar (Senegal), Abidjan (Costa do Marfim), Accra (Gana) e Lomé (Togo).

A TAP mantém assim a rota de forte expansão e crescimento em todos os mercados onde atua. Em 2018, as rotas africanas operadas pela TAP tiveram um aumento considerável do número de passageiros, tendo sido transportados mais 116 mil do que em 2017, para um total de 1,1 milhões de passageiros, o que representa um crescimento de 11,2 por cento face ao ano anterior.

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*


CAPTCHA Image

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close