A TAP transportou nos primeiros seis meses do ano, acerca de 7,8 milhões de passageiros, o que representa um crescimento de 4,8 por cento face ao ano anterior, informa a companhia de bandeira nacional.

A TAP transportou 7,8M de passageiros no 1º Semestre

231

A TAP transportou nos primeiros seis meses do ano, acerca de 7,8 milhões de passageiros, o que representa um crescimento de 4,8 por cento face ao ano anterior, informa a companhia de bandeira nacional.

O aumento de passageiros verificou-se em todos os setores de rede que a companhia opera, exceto o Atlantico Sul e Central, com destaque para a América do Norte, com mais 9,6 por cento de passageiros transportados, para um total de 428 mil, e de África, onde a TAP cresceu 8,5 por cento, para um total de 586 mil passageiros.

O Brasil registou um abrandamento ligeiro, com menos 2 por cento de passageiros no semestre, mas com os meses mais recentes a darem já sinais de uma recuperação. Em junho, por exemplo, a TAP transportou nas rotas do Brasil mais 3,4 por cento que no mesmo mês de 2018.

Nas rotas da Europa, excluindo Portugal, a TAP teve o maior crescimento absoluto, atingindo os 4,8 milhões de passageiros, mais 227 mil, ou 4,9 por cento, que nos primeiros seis meses do ano anterior.

Nos voos entre aeroportos do continental, Lisboa, Porto e Faro, a TAP cresceu 1,8 por cento. Já nas rotas dos Açores e da Madeira, a companhia aérea nacional registou um aumento de 4,9 por cento, alcançando os 633 mil passageiros no conjunto das rotas de e para as Regiões Autónomas.

Destaque ainda para a Ponte Aérea Lisboa-Porto, com um crescimento no primeiro semestre de 5,8 por cento, para os 400 mil passageiros.

Recorde-se que, tradicionalmente, o primeiro semestre tem sempre registos inferiores aos do segundo semestre. Adicionalmente, a TAP lançou novas rotas ao longo do primeiro semestre (Telavive, Basileia de Dublin a 31 de Março, Chicago, Washington, S. Francisco, Nápoles e Tenerife ao longo de Junho) e algumas já no segundo semestre (Conacri e Porto-Bruxelas), com o impacto destas no crescimento do tráfego a só se fazer sentir em pleno no segundo semestre.

Em setembro, a Companhia vai ainda inaugurar voos entre o Porto e Munique e Lyon e entre Lisboa e Banjul. O efeito das novas rotas, aliado ao tradicional maior tráfego do segundo semestre permitem afirmar que em 2019 a TAP vai superar todos os recordes no número de passageiros transportados.

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*


CAPTCHA Image

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close