A TAP transportou em Julho 1,7 milhões de passageiros

A TAP transportou em Julho 1,7 milhões de passageiros

282

A TAP alcançou no mês de Julho, o recorde de 1,7 milhões de passageiros transportados, o que representa um crescimento de 11,6 por cento face ao mesmo mês do ano anterior, o melhor mês de sempre em número de passageiros transportados.

Segundo a nota da companhia, a América do Norte volta a estar em destaque, com mais 57,1 por cento de passageiros transportados, totalizando cerca de 117 mil Clientes a bordo, bem como África, onde a TAP cresceu 13,9 por cento, para um total de 129 mil passageiros.

O Brasil continua a mostrar sinais de recuperação. Depois de, em junho, a TAP ter transportado nas rotas da América do Sul mais 3,4 por cento que no mesmo mês de 2018, em julho, a diferença é de mais 10,9 por cento, ou seja, mais 17 mil passageiros, face ao mesmo período homólogo.

As rotas da Europa foram as que registaram o maior crescimento absoluto, ultrapassando 1 milhão de passageiros, mais 77 mil, ou 8,3 por cento, quando comparado com o mês de julho do ano anterior.

Já nas rotas dos Açores e da Madeira, a TAP registou um aumento de 11 por cento, alcançando os 156 mil passageiros no conjunto das rotas de e para as Regiões Autónomas.

Destaque também para as 10 novas rotas que a TAP já inaugurou este ano – Telavive, Basileia, Dublin, Chicago, Washington D.C., São Francisco, Nápoles, Tenerife, Conacri e Porto-Bruxelas – e que contribuíram com mais 100 mil passageiros a bordo dos aviões da Companhia. A Europa ocupa o primeiro lugar desta tabela, com mais 55 mil passageiros, seguida do Atlântico Norte com mais 31 mil passageiros, e do Médio Oriente com mais 10 mil.

As novas rotas, aliadas à modernização da frota da Companhia, continuam a consolidar a linha de crescimento da TAP em todos os mercados onde opera, podendo assim oferecer um melhor produto aos seus Clientes.

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*


CAPTCHA Image

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close