Agenda de Desenvolvimento Pós-2015 das Nações Unidas

244

Está em curso até ao final de Junho um processo de consulta pública em Portugal sobre a implementação local da Agenda de Desenvolvimento Pós-2015 das Nações Unidas.

O objectivo é conhecer as prioridades dos portugueses em relação à Agenda e à forma como deve ser implementada. Será elaborado um relatório que reflectirá a visão nacional relativamente à nova Agenda de Desenvolvimento e que contribuirá para a construção de um relatório final a ser apresentado pelo Secretário-Geral das Nações Unidas.

A Agenda de Desenvolvimento Pós-2015 é o resultado de processos de consulta em todo o mundo e irá orientar as políticas de desenvolvimento a nível global para os próximos 15 anos. A consulta nacional foca-se em particular no tema da implementação da Agenda a nível local, e será composta por três eixos de acção principais: um questionário online que será acessível a todos; cinco encontros (em formato de workshop) em várias regiões do país, reunindo vários actores da sociedade e com discussões em torno da noção de desenvolvimento sustentável; e um evento final, aberto ao público, que contará com a presença de representantes de entidades internacionais envolvidas na formulação da Agenda de Desenvolvimento Pós-2015.

Os encontros decorrerão ao longo das próximas semanas em Lisboa, Porto, Évora e Coimbra.

Em Portugal, o processo é promovido por um conjunto de organizações, públicas e da sociedade civil, composto por Animar – Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Local; Camões, Instituto da Cooperação e da Língua; CNJ – Conselho Nacional de Juventude; Minha Terra – Federação Portuguesa de Associações de Desenvolvimento Local; PpDM – Plataforma Portuguesa para os Direitos das Mulheres e Plataforma Portuguesa das ONGD.

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*


CAPTCHA Image

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close