ARS Algarve celebra contratos com assistentes técnicos

ARS Algarve celebra contratos com assistentes técnicos

8

ARS Algarve anunciou a celebração de contratos com oito assistentes técnicos, para consolidação da mobilidade inter-carreiras, uma aposta na valorização dos seus profissionais.

O primeiro grupo de profissionais de saúde integrados no processo de consolidação de situações de mobilidade na carreira e categoria de assistentes técnicos foram recebidos, no dia 22 de dezembro de 2017, pelo Presidente do Conselho Diretivo da ARS Algarve, Paulo Morgado, para formalizarem a celebração de contrato de trabalho em funções públicas por tempo indeterminado com a ARS Algarve com vista à regularização da sua mobilidade inter-carreiras.

Este processo de regularização de contratos de mobilidade inter-carreiras atualmente em curso, resulta do compromisso e empenho da nova equipa do Conselho Diretivo da ARS Algarve que, após ter tomado posse no passado mês de março, assumiu como uma das suas principais prioridades a agilização dos processos de um conjunto de cerca de 25 profissionais dos diversos serviços da instituição que se encontravam pendentes e aguardar a sua conclusão ao longo dos últimos anos, inclusive alguns desde 2009, com vista à concretização da regularização destas situações e numa clara aposta estratégica de valorização e potenciação dos recursos humanos.

A autorização da Secretaria de Estado da Administração e do Emprego Público para a celebração destes contratos com este primeiro grupo de 8 profissionais, possibilita que estes antigos assistentes operacionais alcancem uma nova posição remuneratória e, simultaneamente, representa uma prova de reconhecimento e de valorização do empenho demonstrado ao longo dos últimos anos por estes profissionais nas diversas unidades funcionais dos três Agrupamentos de Centros de Saúde da ARS Algarve.

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*


CAPTCHA Image

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close