CHUAlgarve recebe premio na área do AVC

CHUAlgarve recebe premio na área do AVC

145

A Unidade de Acidente Vascular Cerebral (AVC) do Centro Hospitalar Universitário do Algarve (CHUA), recebeu ontem 17 de setembro, o Grau Platina do prémio ESO Angels Awards, distinção anunciada em Maio passado na cidade de Milão, durante a European Stroke Organisation Conference.

Conduzido pela Angels Initiative e apoiado European Stroke Organisation (ESO), o galardão é atribuído às unidades que atinjam elevados níveis de qualidade e performance clínica na abordagem do Acidente Vascular Cerebral (AVC), de acordo com critérios pré-estabelecidos e aferidos através do Registry of Stroke Care Quality (RES.Q) .

A entrega do prémio foi efetuada pela coordenadora do projeto Angels Initiative em Portugal, Cláudia Queiroga, que referiu a importância desta distinção, destacando o seu contributo para a monitorização contínua dos procedimentos de qualidade no tratamento de doentes com AVC.

Para Ana Paula Fidalgo, coordenadora da Unidade de AVC, “este prémio, com base em avaliações trimestrais, é o reconhecimento do empenho de todos os profissionais que trabalham diariamente, de forma multidisciplinar, para os doentes com AVC, garantindo a melhoria da qualidade na prática dos cuidados.

Em termos institucionais, e tal como frisou a vogal do Conselho de Administração do CHUA, Helena Leitão, “é um motivo de regozijo ver reconhecido este projeto que acarinhámos há 3 anos, distinguindo simultaneamente a nossa instituição de saúde, a nível internacional, pelos critérios de qualidade e pela cultura de monitorização contínua”.

Dirigindo-se á equipa de saúde presente na entrega do prémio, também a vogal do Conselho Diretivo da Administração Regional de Saúde do Algarve, Josélia Gonçalves, manifestou o seu “orgulho no trabalho, empenho e dedicação dos profissionais que proporcionam bem-estar aos utentes”.

José Manuel Almeida, em representação da Direção Clínica, salientou, que também com este projeto otimizou a articulação entre o Serviço de Urgência e a Unidade de AVC, diminuído o tempo “porta-agulha” e agilizando procedimentos clínicos.

Anunciado durante a European Stroke Organisation Conference, que decorreu entre 22 e 24 de maio em Milão, a cerimónia de comunicação desta distinção contou, na altura, com a participação dos médicos, André Florêncio e Ana Varela.

Partilhe:




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*


CAPTCHA Image

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close