Ciclo da Primavera em Oliveira de Azemeis

217

A música do compositor José Cid é a grande novidade da edição deste ano do «Ciclo da Primavera», o maior cartaz cultural do município de Oliveira de Azeméis, que se realiza entre os meses de março e maio no cineteatro Caracas.

O evento, apresentado esta manhã em conferência de imprensa, inclui ainda o teatro de revista «Ó Zé bate o pé» e o Stand Up Comedy com a dupla Quim Roscas e Zeca Estacionâncio.

«Esperamos que seja um Ciclo do agrado de todos os oliveirenses e de quem nos visita», afirmou Hermínio Loureiro, presidente da Câmara de Oliveira de Azeméis. Para o autarca, este «é um ciclo com história que aposta em figuras nacionais, que geralmente entram na casa das pessoas através da televisão e que agora podem ser vistas ao vivo».

Gracinda Leal, vereadora do pelouro da cultura, que se encontrava presente, realçou que «o Ciclo da Primavera vem reforçar a aposta do município na cultura e a qualidade dos artistas vem contribuir para o aumento do número de utilizadores da casa de espetáculos». Segundo dados anunciados pela autarca, em 2013 passaram pelo cineteatro Caracas aproximadamente 22 mil pessoas.
«Este ano integrámos, como tem sido hábito, três áreas artísticas distintas», referiu.

José Cid, um dos maiores talentos revelados pela música portuguesa, abre a edição do Ciclo no dia 01 de março, pelas 21h30. Temas como «Na cabana junto à praia», «Cai neve em Nova Iorque» e «Louco amor» serão ouvidos e cantados em uníssono com o cantor.

O teatro de revista «Ó Zé bate o pé», acontece no dia 05 de abril e conta com o ator Luís Aleluia, o popular «menino Tonecas». A partilhar o palco estará ainda Susana Cacela, João Rodrigo, Fátima Couto e Piedade Fernandes. O valor dos bilhetes é de 10 euros (plateia) e 8 euros (tribuna).

O espetáculo de humor, de João Paulo Rodrigues (Quim Roscas) e Pedro Alves (Zeca Estacionâncio), está marcado para as 21h30, de 03 de maio, encerrando de forma divertida mais um Ciclo.

A primeira edição do «Ciclo da Primavera» realizou-se em 2002, ano em que a autarquia adquiriu o cine teatro Caracas passando a oferecer ao público um programa regular de animação cultural.

Ao longo desses anos passaram já por Oliveira de Azeméis nomes consagrados da música, dança, teatro e entretenimento, reforçando a imagem cultural do município.

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*


CAPTCHA Image

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close