Comissão Europeia divulga os direitos dos consumidores

Comissão Europeia divulga os direitos dos consumidores

159

O Portal da Queixa associou-se à União Europeia na divulgação dos direitos dos consumidores online. Pedro Lourenço, CEO e fundador do Portal da Queixa, foi convidado a ser embaixador da iniciativa #yourEUright, um projeto que visa contribuir para que os consumidores conheçam e exerçam os seus direitos quando compram na Internet.

No próximo ano, a Comissão Europeia vai desenvolver uma série de ações concertadas entre dez países, nomeadamente a Dinamarca, Espanha, Eslovénia, Portugal, Itália, Croácia, Chipre, Grécia, Roménia e Bulgária, que visam esclarecer os consumidores online acerca dos seus direitos.

O objetivo da iniciativa #YourEUright é garantir a segurança e os direitos dos consumidores, capacitando-os para que possam fazer escolhas online que maximizem o seu bem-estar. “Como cidadão europeu, ao comprar bens e serviços dentro da UE, beneficie dos seus direitos de consumidor, tanto online como offline”, esta é a mensagem geral da campanha, afirma Pedro Lourenço.

Em Portugal, a campanha de sensibilização já está disponível em https://europa.eu/youreuright/home_pt e as ações estarão, maioritariamente, focadas na divulgação de três direitos do consumidor: Mudança de banco vs. Transparência Bancária; Publicidade honesta; Devolução em 14 dias.

A campanha terá um forte foco digital. As ações estarão focadas na divulgação dos direitos dos consumidores que optam por uma compra online dentro da União Europeia, com enfoque nos que se situam na faixa etária entre os 18 e os 35 anos, compradores cujos estudos apontam como sendo os mais ativos.

“Entendemos que a eficácia na proteção dos direitos dos consumidores, deve ser garantida através da transmissão de conhecimento acerca dos seus direitos. Só assim, será possível criar um movimento de consciência global que garanta a pró-atividade necessária para reduzir o risco no momento da decisão de compra. Este esforço de aprendizagem deve ser potenciado por todos os intervenientes, começando pelas instituições de ensino, organismos de proteção dos consumidores, organizações não-governamentais e principalmente por parte dos vendedores, que ao assumirem um papel educador, estarão a garantir a confiança dos seus clientes num ecossistema de consumo transparente.”, defende Pedro Lourenço.

O Portal da Queixa é uma startup tecnológica que se tornou numa referência nacional em matéria de consumo em Portugal. Lançado em 2009, com 10 anos de existência, posiciona-se como a única e maior rede social de consumidores de Portugal. Por dia, recebe 400 reclamações, um total de mais de 300 mil reclamações até hoje, apresentadas por uma comunidade de 350 mil utilizadores registados online. O Portal da Queixa regista, todos os meses, 3,5 milhões de páginas visitadas pelos consumidores portugueses, que procuram na plataforma comunicar diretamente com outros consumidores, marcas e entidades públicas, além de compararem marcas com base no Índice de Satisfação. Mais de 6 mil marcas estão presentes na plataforma.

Os portugueses reconhecem o serviço prestado como uma mais-valia, por permitir apresentar uma reclamação em qualquer lugar, em apenas 3 passos e sem qualquer custo associado.

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*


CAPTCHA Image

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close