Confiança do Consumidor melhorou no mês de Agosto

212

O indicador de confiança dos Consumidores aumentou em agosto, prolongando o perfil ascendente observado desde o início de 2013, registando o valor mais elevado desde agosto de 2001,informa hoje o INE.

O indicador de clima económico estabilizou em agosto, suspendendo o perfil crescente iniciado em janeiro de 2013. Em agosto, o indicador de confiança aumentou ligeiramente na Indústria Transformadora, na Construção e Obras Públicas e nos Serviços e diminuiu no Comércio.

O aumento do indicador de confiança dos Consumidores1 refletiu o contributo positivo das expectativas relativas à evolução do desemprego e das perspetivas sobre evolução da situação económica do país e da situação financeira do agregado familiar, mais significativo no primeiro caso.

O indicador de confiança da Indústria Transformadora recuperou ligeiramente em agosto, devido ao contributo positivo das apreciações sobre a procura global e relativas aos stocks de produtos acabados, tendo as perspetivas de produção contribuído negativamente.

O indicador de confiança da Construção e Obras Públicas aumentou de forma ténue no mês de referência, em resultado da evolução positiva de ambas as componentes, opiniões sobre a carteira de encomendas e, sobretudo, perspetivas de emprego.

Por sua vez, o indicador de confiança do Comércio agravou-se ligeiramente no último mês, refletindo o contributo negativo das expectativas de atividade e das apreciações sobre o volume de vendas, mais significativo no primeiro caso.

O indicador de confiança dos Serviços recuperou de forma ténue em agosto, devido ao acentuado comportamento positivo das apreciações sobre a atividade da empresa, uma vez que as opiniões sobre a evolução da carteira de encomendas e as perspetivas sobre a evolução da procura agravaram-se.

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*


CAPTCHA Image

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close