Cordão dunar da Meia Praia vai ser reabilitado

Cordão dunar da Meia Praia vai ser reabilitado

226

O cordão dunar da Meia Praia em Lagos, vai ser alvo de ações de recuperação, depois de ratificado em reunião de câmara, o contrato celebrado entre o Município e a Agência Portuguesa do Ambiente (APA).

Esta decisão tem na sua base a constatação do estado de degradação do importante cordão dunar de 5 km de extensão, compreendido entre o sapal da Ria de Alvor e a Ribeira de Bensafrim, situação provocada não só pelo efeito das condições meteorológicas e naturais, mas também pela ação humana.

Ciente do valor que este troço da costa representa em termos paisagísticos, mas também como barreira à progressão do mar, o Município estabeleceu como prioritária a prevenção e a gestão de riscos costeiros associados à instabilidade das dunas e promoveu, nesse âmbito, a elaboração do Anteprojeto para a “Reabilitação e Recuperação do Cordão Dunar da Meia Praia”.

A oportunidade de concretizar esta intervenção surge agora com a possibilidade do Município apresentar candidatura ao Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (PO SEUR) – Ações de Proteção do Litoral, a qual impõe a celebração de um Contrato Interadministrativo de cooperação técnica com a Agência Portuguesa do Ambiente (APA), entidade que tem a competência de executar os estudos e as obras necessárias e indispensáveis de defesa ativa do litoral.

No âmbito desta parceria, o Município ficará responsável por apresentar e submeter a candidatura ao referido programa de financiamento comunitário, a tramitar o anteprojeto e o projeto de execução por forma a submeter os mesmos à apreciação das entidades competentes, assim como a executar a empreitada de reabilitação e recuperação do cordão dunar da Meia Praia através da qual se pretende contribuir para a harmonia e sustentabilidade de todo o sistema ambiental da zona.

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*


CAPTCHA Image

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close