Economia cresceu e desemprego baixou no 2º Trimestre

Economia cresceu e desemprego baixou no 2º Trimestre

469

A estimativa divulgada pelo Instituto Nacional de Estatística, aponta para um crecimento da economia no segundo trimestre, na ordem dos 2,3%, um valor superior ao verificado nos primeiros três meses do ano, que se cifrou nos 2,1%.

Segundo o INE, a procura interna foi a motora desse crescimento, apoiada no investimento, no consumo privado e na procura externa, com destaque para a exportação de mercadorias que cresceram 10,5% no 2.º trimestre a um ritmo que superou as importações.

A indústria automóvel aumentou as exportações em 38%, o que representa mais 940 milhões de euros do que o mesmo período do ano anterior. A indústria aeronáutica registou um crescimento de 18%. As exportações de serviços cresceram 7,7%. O setor do turismo cresceu 14%, o que representa mais 650 milhões de euros que o mesmo período do ano anterior. Os serviços de transporte cresceram 8,5% e os serviços de telecomunicações e informática cresceram 14%.

A aceleração do crescimento permitiu as melhorias verificadas no mercado de trabalho, com a taxa de desemprego do segundo trimestre de 2018 a descer para 6,7% da população ativa, o que corresponde ao valor mais baixo dos últimos 14 anos e se materializa em mais 115 mil pessoas empregadas que na mesma altura do ano anterior e num aumento dos salários em todas as categorias de rendimento.

“Este crescimento ocorre num contexto de equilíbrio das contas externas e de gestão orçamental responsável. Esta mudança estrutural, apoiada por condições de financiamento mais estáveis, é o melhor garante de resiliência face a eventuais flutuações externas bem como da provisão sustentável de serviços públicos, não apenas no presente mas também no futuro”, refere a nota do  Gabinete do Ministro das Finanças.

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*


CAPTCHA Image

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close