Espirrar ao volante resulta em “condução cega” por segundos

271

A Ford introduziu nos seus veículos um novo sistema de filtragem de ar que bloqueia quase na totalidade o dióxido de nitrogénio, um gatilho para a asma e até 99 por cento de pólenes, de gases poluentes e até cheiros.

Esta tecnologia é uma lufada de ar fresco para condutores e passageiros. Durante as sessões de testes realizadas, a Ford descobriu que as concentrações de dióxido de nitrogénio e as concentrações de partículas dentro de uma viatura eram iguais ou mesmo inferiores às registadas fora de um veículo em zonas rurais, mesmo quando as unidades de teste eram conduzidas em cidade, em auto-estradas, em engarrafamentos e através de túneis.

A filtragem de ar avançada é uma das muitas inovações da Ford projectadas para tornar as viagens mais seguras, mais inteligentes e mais confortáveis, aumentando a experiência sensorial dos condutores.

O Centro Europeu de Pesquisa & Inovação da Ford de Aachen na Alemanha, que celebra este ano o seu 20º aniversário, é o local onde muitas das inovações avançadas vêem a luz do dia.

Ken Washington, Vice-Presidente, Pesquisa & Engenharia Avançada da Ford adianta que: “Na Ford aspiramos a melhorar a vida das pessoas através da inovação, sejam elas avançadas tecnologias de iluminação, que melhor realcem os perigos potenciais nas estradas, ou um sistema de filtragem avançado que bombeia ar ultra limpo para o interior do veículo”.

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*


CAPTCHA Image

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close