Estudo da Casafari revela dados do imobiliário em Lisboa

Estudo da Casafari revela dados do imobiliário em Lisboa

436

Arroios é a freguesia lisboeta com mais imóveis à venda, Santa Maria Maior e Santo António são as freguesias mais caras para comprar casa, onde um apartamento custa, em média, mais de quatro mil euros por metro quadrado, segundo o estudo elaborado pela Casafari.

A Startup Casafari, plataforma metasearch para o mercado imobiliário que recorre à Inteligência Artificial para tornar mais transparente a informação, acaba de divulgar o seu ‘Lisbon Market Report’, relativo ao terceiro trimestre. O documento revela não só o número exato de imóveis à venda por cada uma das 23 freguesias de Lisboa, mas também a distribuição de preços de mercado por metro quadrado.

De acordo com o estudo, Santa Maria Maior e Santo António surgem como as freguesias de Lisboa com os preços por metro quadrado mais elevados: 5.934 euros e 5.852 euros, respetivamente. Além destas duas, a Misericórdia é a única a ter um preço acima dos 5.000 euros. A freguesia de Santa Clara surge com o preço por metro quadrado mais baixo da capital: 2.577 euros.

No terceiro trimestre deste ano, Arroios era a freguesia mais ativa no mercado com 571 imóveis à venda, seguida por Santa Maria Maior e a Estrela com 504 e 503 imóveis à venda, respetivamente. No extremo oposto, e a norte da capital, a freguesia de Santa Clara contava apenas 38 imóveis à venda. O relatório revela ainda que um apartamento em Lisboa custa, em média, 4.566 euros por metro quadrado, num total de 5.628 apartamentos existentes na capital, enquanto uma casa (moradias, quintas) custa, em média, 4.661 euros por metro quadrado, num total de 343 casas.

O ‘Lisbon Market Report’ elaborado pela Casafari analisou o portfolio de 215 agências imobiliárias em Lisboa, agregando e combinando mais 350 mil referências das quais resultaram um total de 5.971 imóveis únicos, excluindo terrenos, imóveis comerciais e de investimento.

A Casafari tem como objetivo tornar o mercado imobiliário mais eficaz e mais transparente através da Inteligência Artificial. A plataforma agrega mais de seis milhões de referências na Alemanha, Espanha e Portugal e de cinco mil fontes sobre imóveis dispersos e repetidos por diferentes páginas na internet, conseguindo identificar quando se trata do mesmo imóvel e disponibilizando toda a informação sobre esse imóvel num único local.

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*


CAPTCHA Image

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close