Exposição Do Mar à Serra, Somos o que Fomos em Castro Marim

Exposição Do Mar à Serra, Somos o que Fomos em Castro Marim

309

A Casa do Sal, em Castro Marim, inaugura a 10 de maio, pelas 18h00, a exposição “Do Mar à Serra, Somos o que Fomos”, que vai estar patente ao público até ao final do mês de agosto.

“Do Mar à Serra, Somos o que Fomos”, é uma exposição de etnografia que enfoca na cultura regional, destacando os costumes algarvios nas primeiras décadas do século XX, e na cultura local, protagonizando algumas emblemáticas personagens, tradições e hábitos que fazem parte da memória dos castromarinenses.

Os artefactos desta exposição são manifestações materiais das atividades das gentes algarvias. Nela podemos encontrar antigos mesteres, como o aguadeiro, o cabreiro ou a salineira, num revivalismo de práticas que o tempo quase apagou, mas também com o objetivo de valorizar e preservar a identidade cultural junto do público mais jovem.

“Somos hoje a soma das nossas vivências, dos nossos pais e todos os outros antepassados, que marcaram o nosso espaço, a nossa vida, e a nossa cultura, tanto quanto a nossa genética”, diz sobre a exposição a vice-presidente e vereadora da cultura, Filomena Sintra.

Pretende-se, ao longo da exposição, desenvolver um conjunto de manifestações etnográficas e artísticas, versadas em cada uma das profissões. Far-se-á uma reflexão conjunta sobre o artesanato e as artes ancestrais, entre artesãos, promotores turísticos e designers. Pela Casa do Sal vão então passar várias expressões artísticas, desde folclore, teatro, artesanato, estátuas vivas. Em permanência, está recriada uma taberna típica onde se poderá simplesmente estar ou conhecer e entreter-se com jogos de “outros tempos”.

A exposição “Do Mar à Serra, Somos o que Fomos”, é uma iniciativa promovida pelo Município de Castro Marim, em estreita parceria com o Museu do Traje de São Brás de Alportel e com o Museu Regional de Faro e foi confianciada pelo Programa Interreg Espanha-Portugal 2014-2020, apoiado pela União Europeia, cofinanciada a 75% pelo FEDER, projeto 0131_FOURTOURS_5_E. Contou ainda com a colaboração da Associação Cultural Amendoeiras em Flor, Associação Cultural Mito Algarvio, Banda Musical Castromarinense, Casa do Povo do Azinhal, Santa Casa da Misericórdia de Castro Marim, Associação A Moira e Câmara Municipal de Alcoutim.

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*


CAPTCHA Image

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close