Faro reforça medidas de prevenção e intervenção

Faro reforça medidas de prevenção e intervenção

99

Faro reforçou as medidas de prevenção e intervenção, para fazer face à onda de calor que assola o concelho e o país, num período em que o Algarve está com máximos de visitantes, em gozo de férias. Segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), as temperaturas vão estar acima dos valores médios e isto pode ter impacto em termos de saúde pública e da ignição e propagação de incêndios.

Seguindo as diretrizes da ANPC, a Câmara Municipal de Faro, através da Proteção Civil Municipal e do Corpo de Bombeiros Sapadores, depois de ter desenvolvido consideráveis esforços no sentido de garantir a limpeza de vastas áreas florestais que podiam representar um potencial perigo, tomou as medidas necessárias para aumentar a capacidade de resposta e prontidão a eventuais ocorrências no concelho de Faro.

O reforço do pessoal de serviço, para um ataque inicial mais eficaz, o aumento do patrulhamento e vigilância no concelho de Faro e o corpo de Bombeiros Sapadores em total e completa prontidão para atuar em caso de necessidade, são algumas das medidas em vigor, às quais se juntam a disponibilização de um veículo tanque com 2 bombeiros para apoio ao dispositivo distrital e a difusão de avisos à população emitidos pela ANPC, IPMA e DGS nos meios de visibilidade da autarquia e do Corpo de Bombeiros Sapadores de Faro.

A monitorização contínua das informações difundidas pela ANPC, IPMA e DGS e um estado de alerta permanente de todos os intervenientes para uma eventual ocorrência são uma garantia dos responsáveis autárquicos e das forças de intervenção para que a população de Faro esteja tranquila face a este período que o país, região e o nosso concelho passarão nos próximos dias.

Face às elevadas temperaturas previstas, associadas a poeiras no ar, vindas do norte de África, que representam potenciais impactos na saúde pública e na propagação de incêndios, a Câmara Municipal de Faro reitera a importância da população tomar medidas de proteção, como estar em ambientes frescos, procurar manter frescas as habitações, e beber muita água, evitando o consumo de álcool.

Lembrando ainda que, na condução, também deve existir uma particular preocupação devido ao calor e ao facto de os veículos expostos ao sol aquecerem muito, pelo que, nem pessoas nem animais devem ser deixados, por pouco tempo que seja, dentro de viaturas.

A finalizar, um pedido de especial de atenção para as pessoas mais vulneráveis, como crianças, idosos, pessoas com doenças crónicas, grávidas e pessoas em locais isolados, que devem ser acompanhadas e protegidas durante este período crítico.

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*


CAPTCHA Image

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close