Festival Caldo de Peixe 2018 em Rabo de Peixe nos Açores

Festival Caldo de Peixe 2018 em Rabo de Peixe nos Açores

404

O Festival Caldo de Peixe 2018 que se realiza em Rabo de Peixe nos Açores, a 20 e 21 de Julho, é um evento gastronómico que já dispensa apresentações. Esta iniciativa faz mexer a economia de uma das localidades com maior potencial dos Açores, dá-se a conhecer ao cada vez maior número de pessoas que o visitam,na busca da simplicidade (de ingredientes) que são um incentivo à criatividade.

Para além da vertente gastronómica, há música, que este ano te, como cabeça de cartaz, José Cid e muita animação paralela, como são o baile de pescadores, as peças de teatro e os DJs convidados.

O Festival que é organizado pelo Clube Naval de Rabo de Peixe e pela APRAP (Associação de Pescas de Rabo de Peixe), promete aquele encontro perfeito entre a experiência dos homens do mar e os chefs convidados na execução dos pratos apresentados, a começar, obviamente pelo Caldo de Peixe (apresentado em várias versões) e no já famoso hambúrguer de cavala – mais um exemplo de sucesso de um prato feito à base de um produto considerado de segunda.

Provando a máxima sintonia com os grandes temas atuais e sendo o mar o recurso quase único de subsistência da região, é de destacar a decisão de, nesta edição, se tentar evitar ao máximo o uso do plástico, responsável pelo flagelo ambiental de que tanto se fala. Assim, os pratos e talheres de plástico serão substituídos por outros em metal, cana de bambu ou cerâmica. Porque o exemplo cabe a todos.

Antes da festa no porto de pescas de Rabo de Peixe, há que assistir, na sexta-feira, dia 20 de Julho, no Cine Teatro Miramar a um seminário dedicado ao tema Mar, Gastronomia e Inovação (programa em anexo). Um conjunto notável de oradores vão abordar temas fundamentais e relevantes para o desenvolvimento da Economia de Mar. Um evento de arranque de festival imperdível.

Os preços para o evento começam nos 5 euro. Um preço quase simbólico quando se trata de colocar cada vez mais no mapa toda a riqueza de uma terra em pleno crescimento e que tem o enorme talento de transformar em muito tudo o que o mar lhe dá.

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*


CAPTCHA Image

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close