Festival de Acordeonistas de São Brás de Alportel

Festival de Acordeonistas de São Brás de Alportel

337

A Alma Algarvia é a rainha do XXXIII Festival de Acordeonistas de São Brás de Alportel, este domingo, dia 26, no CineTeatro São Brás, a partir das 15h30.

Numa edição plena de talento, o Festival apresentará mais de meia centena de jovens acordeonistas que interpretarão perto de 80 peças. Ao palco sobe o resultado de milhares de horas de estudo, treino e dedicação à música e ao acordeão.

Os jovens talentos representam as escolas onde aprendem a tocar o instrumento rei da região algarvia.

Nesta edição, estarão representadas 12 escolas algarvias com ensino de acordeão, nomeadamente: Conservatório de Música de Olhão, a APEXA, as escolas de música de Nelson Conceição de Loulé e Bordeira, a escola do Rancho Folclórico de Loulé, a Casa do Povo da Conceição de Faro, a Escola de Música Jorge Alves, a Escola de Música Águia Som de Olhão, a escola de música da Associação Cultural Sambrasense, Grupo Folclórico de Faro e as escolas de Acordeão de Castro Martim e de Vila Real de Santo António.

O Festival de Acordeonistas de São Brás de Alportel é anualmente organizado pela Associação Cultural Sambrasense e pretende dar a conhecer a aprendizagem dos alunos das diferentes escolas, promover o convívio e a partilhar entre os talentosos jovens músicos e promover o acordeão enquanto instrumento presente nas tradições musicais algarvias.

Este é um espetáculo para todas as idades, com a duração de 180 minutos e cujos ingressos estão à venda na Galeria Municipal e no próprio dia do espetáculo na bilheteira do Cineteatro São Brás por 3€.

Uma iniciativa apoiada pela Câmara Municipal de São Brás de Alportel, pela Junta de Freguesia de São Brás de Alportel, pela Secretaria de Estado da Cultura e pela e pelo Comércio Local são-brasense.

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*


CAPTCHA Image

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close