Fukushima – Terres Perdues em exposição no Sofitel Liberdade

187

O Sofitel Lisbon Liberdade acolhe, de 26 março a 30 de abril a exposição “Fukushima – Terres Perdues”, com fotografias do jornalista Tibo, sobre o quotidiano e a reconstrução da cidade japonesa após o terramoto de 2011. A exposição, com entrada gratuita, pode ser visitada todos os dias da semana, das 10h às 20h.

A mostra conta com uma seleção de 20 fotografias em grande formato de retratos de habitantes locais e paisagens da costa de Fukushima, um espólio de fotografias que resulta de uma recolha realizada ao longo de quatro anos.

Poucos dias após o terramoto de 9.1 na escala de Richter e da subsequente catástrofe nuclear que assolou Fukushima em 2011, Tibo é um dos primeiros fotógrafos a chegar à cidade, em reportagem para o Figaro magazine. O fotógrafo regressa todos os anos ao local para fotografar a beleza das paisagens perdidas e relembrar o quotidiano das crianças de Fukushima, a quem, em 2013, lançou o desafio de se corresponderem com outros jovens do mundo. Algumas destas cartas também estarão expostas no Sofitel Lisbon Liberdade.

As fotografias de Tibo revelam a evolução da paisagem, a reconquista do território, a adaptação do Homem e a sua relação com o planeta depois de uma catástrofe natural de grande dimensão. O fotógrafo apresenta o seu trabalho nas escolas francesas, nomeadamente no Liceu Francês em Lisboa, para que os mais jovens possam refletir sobre os desafios futuros colocados à humanidade.

Esta exposição retrospetiva promete cativar todos os visitantes do Sofitel Lisbon Liberdade que, com esta iniciativa, reforça a sua aposta na promoção e apoio à arte e à cultura. Privilegiando a cultura enquanto forma de expressão da marca, a Sofitel estabelece uma ligação entre destinos, países e continentes através de diversos eventos, sejam eles de pintura, literatura, música ou gastronomia.

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*


CAPTCHA Image

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close