Fundo Privado investe em startups tecnológicas

Fundo Privado investe em startups tecnológicas

473

A Indico Capital Partners, sociedade de capital de risco portuguesa, anunciaou o lançamento do seu primeiro fundo de investimento, o Indico Capital Partners VC I, com mais de 46 milhões de euros comprometidos por investidores de 8 países diferentes.

O primeiro fundo de Venture Capital nacional, independente e privado, sediado em Lisboa, um dos centros tecnológicos em ascensão na Europa, está focado em investir nas fases iniciais de startups tecnológicas.

O fundo tem como objetivo identificar, investir e capitalizar as startups ibéricas mais promissoras, em particular as sediadas em Portugal. Com um foco geográfico definido, o fundo irá direcionar os seus investimentos em empresas que atuem em áreas como SaaS (Software as a Service) B2B, Inteligência Artificial, Fintech e Cibersegurança, mas também em Marketplaces e Plataformas digitais B2C.

A equipa de gestão da Indico é composta por Stephan Morais (ex-Administrador Executivo da Caixa Capital), Ricardo Torgal (ex-gestor de investimentos na Caixa Capital) e por Cristina Fonseca (co-fundadora e acionista da Talkdesk) que reúne uma experiência ímpar de investimento no mercado nacional. Farfetch, Unbabel, Codacy e muitas outras histórias de sucesso em Portugal dos últimos seis anos, incluindo a Talkdesk, são alguns dos investimentos passados da equipa. Para além do investimento, a equipa da Indico e uma especializada rede internacional de peritos acompanha e ajuda as empresas a alcançar os seus objetivos. A Indico conta ainda com um conjunto internacional de fundos de investimento parceiros, de primeira linha, na Europa e nos Estados Unidos, que são fundamentais para as subsequentes rondas de financiamento.

Ao investidor principal da Indico, o FEI (Fundo Europeu de Investimento, maior investidor institucional Europeu nesta classe de ativos), juntaram-se mais de 20 investidores institucionais e individuais para alcançar o first closing de 41 dos 46 milhões de euros comprometidos neste primeiro fundo (o fundo tem agora mais 12 meses para continuar a angariar capital). Deste grupo de investidores fazem parte a IFD (Instituição Financeira de Desenvolvimento) através do Portugal Tech que com este investimento formalizou a sua primeira operação, a Draper Esprit (um dos maiores fundos de Venture Capital mundiais que conta com investimentos como a Revolut), fundos de pensões, instituições de ensino e investigação, entidades gestoras de fortunas, empresários, gestores e empreendedores de tecnologia locais e internacionais.

Stephan Morais, Managing General Partner da Indico, afirma que “este é um marco para o ecossistema português; vamos continuar a apoiar as startups tecnológicas portuguesas mais promissoras, mas agora com uma plataforma de investimento estável, maior e independente, suportada por uma base de investidores global e diversificada”. Ricardo Torgal, General Partner da Indico salienta ainda que “Venture Capital e startups não são uma moda, é uma atividade profissional que visa construir um portfolio diversificado e estar presente quando as empresas precisam de ajuda para crescer e atingir uma nova fase”.

Já Cristina Fonseca, Venture Partner da Indico, acrescenta que “tenho apoiado muitas empresas ao longo dos últimos anos como mentora e business angel, por isso juntar-me à melhor equipa de investimento do mercado foi um passo muito óbvio, até para poder ampliar o meu impacto no ecossistema. É nesta fase inicial que ter apoio de pessoas experientes e acesso a uma rede global pode ser o fator decisivo para o sucesso.”

O fundo irá investir entre 150 mil e 5 milhões de euros por empresa (rondas pre-seed a série A e subsequentes) durante o seu período de vida de 10 anos. As empresas alvo do portfolio do fundo ambicionam tornar-se líderes globais na sua categoria. Os primeiros investimentos da Indico já foram concluídos e serão anunciados em breve.

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*


CAPTCHA Image

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close