GNR desmantela fábrica de embalamento de tabaco ilegal

GNR desmantela fábrica de embalamento de tabaco ilegal

124

O Destacamento do Porto, da Unidade de Ação Fiscal da GNR, desmantelou na passada quinta feira (22), naquela região do País, uma fábrica de embalamento ilegal de tabaco em folha.

A investigação que decorreu durante dois meses, identificou uma rede que adquiria tabaco de contrabando, já manufaturado, embalado e em folha, que depois tratavam, trituravam e embalavam em sacos de 100 e 200 gramas.

A rede de falsificadores, distribuía o produto da sua produção ilegal, por estabelecimentos comerciais, como quiosques, cafés e papelarias, nas cidades do Porto e Matosinhos, com elevado risco para a saúde pública e grave prejuízo para o tesouro nacional.

Segundo a GNR, os militares da Unidade Fiscal realizaram duas buscas em garagens, cinco em estabelecimentos comerciais e quatro em viaturas, tendo sido apreendido nesta operação, 170 600 cigarros; 3.330 euros em numerário; Duas balanças digitais; Seis telemóveis; Uma máquina de vácuo e selagem de sacos plásticos utilizada no embalamento da folha de tabaco.

O valor estimado do tabaco apreendido depois da tributação legal, ascende aos 40 mil euros, aos quais corresponde uma prestação tributária de 33 mil euros. Foram constituídos arguidos dois indivíduos, com idades compreendidas entre os 40 e os 50 anos, tendo os mesmos ficado sujeitos à medida de coação de termo de identidade e residência.

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*


CAPTCHA Image

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close