Manifestação dos Trabalhadores da Conservatória de Lagos

Manifestação dos Trabalhadores da Conservatória de Lagos

459

Os trabalhadores da Conservatória do Registo Civil de Lagos vão manifestar-se a próxima segunda-feira, 28 de janeiro, num alerta para as péssimas condições de trabalho a que estão sujeitos, com claros prejuizos para os utentes, que procuram diariamente aquela conservatória.

A manifestação, que decorre em frente à Conservatória na Rua Francisco Xavier Ataíde de Oliveira 33F, tem inicio às 8 horas e termina às 9 horas, horário que não deve prejudicar o atendimento dos cidadãos, mas que pretende denunciar as decisões do Conselho Diretivo do Instituto dos Registos e do Notariado, IP, em conivência com o Ministério da Justiça, relativamente às péssimas condições de trabalho destes trabalhadores.

A falta de trabalhadores nesta instalação, repercute-se na qualidade e celeridade do atendimento, com prejuízo sério para os cidadãos do município em particular, a falta de privacidade no atendimento dos utentes, a existência de equipamento totalmente obsoleto, computadores e impressoras com mais de 15 anos, a má gestão do dinheiro público, atendendo à falta de condições do imóvel onde está instalada a Conservatória e ao valor exorbitante do arrendamento, instalações que não respeitam as mais elementares regras de segurança e saúde, quer dos trabalhadores quer dos utentes que ali se dirigem, são as reivindicações daquele grupo de profissionais.

Esta vigília tem como objetivo exigir que os cidadãos de Lagos tenham o tratamento que merecem, com recursos humanos em número suficiente, que correspondam às reais necessidades da população, terem uma Conservatória com condições dignas para o seu atendimento, nomeadamente no que diz respeito à privacidade e às condições de segurança e de saúde.

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*


CAPTCHA Image

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close