Manuela Bento expõe no Convento de Santa Clara a Velha

269

A artista plástica Manuela Bento, expõe no Mosteiro de Santa Clara a Velha, em Coimbra, uma peça cujo processo de criação foi inspirado em Santa Isabel, a Padroeira da Cidade de Coimbra.

A apresentação e inauguração da exposição desta peça criada pela artista Coimbrã, tem lugar naquele Mosteiro, no próximo dia 23 de Junho pelas 17H00, num evento que conta com a participação do Coro Carlos Seixas.

Esta obra coliga a magnitude de Santa Isabel que desde o seu nascimento, a quem foi atribuído o Poder Sagrado da concórdia, da pacificação e da fraternidade com a mais bela -” Rosa de Aragão”- representada nesta peça pelas rosas que configuram o seu milagre mais conhecido.

A peça transporta-nos de, 11 Fevereiro de 1281, data de nascimento da nossa Rainha Santa Isabel, para a modernidade, através dos seus milagres, curas e muitos outros feitos.

A pedra da base, evoca a construção da magnífica obra do Mosteiro de Santa Clara -a -Velha, que em 1314 a Rainha Santa Isabel, volta a habitar com as Freiras Clarissas de Coimbra.

A coroa de aço simboliza um prelúdio espiritual de simplicidade e pobreza voluntária da Rainha Santa, gera um sentimento de simpatia através da sua bondade e generosidade para com os que nada tinham, além do seu afeto.

A obra é encimada numa Flor de Liz que representa o Seu poder de soberania e lealdade.

A Rainha Santa Isabel era dotada de uma grande lucidez e perspicácia, quer a nível social e pessoal, quer a politico ou religioso que lhe permitiu intervir de forma astuta, no tabuleiro do poder, em plena idade média.

A exposição tem como marca a presença desta Forte Figura, assim como, transmitir um vigoroso simbolismo através dos elementos evocativos.

A exposição estará patente ao público, até ao final do mês de setembro.

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*


CAPTCHA Image

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close