Noruega conquistou o 5º título na Algarve Cup 2019

Noruega conquistou o 5º título na Algarve Cup 2019

518

O Estádio Municipal da Bela Vista em Lagoa no Algarve, foi pelo terceiro ano consecutivo, palco da final da Algarve Cup, um dos mais importantes torneios particulares de futebol feminino, a nível mundial.

Os 6 jogos calendarizados, que se disputaram em 7 dias, com a presença do muito público que afluiu aos vários jogos e destaque para o numero expressivo que assistiu ao encontro entre a Espanha e Holanda, foram algumas das notas mais destacadas pelos responsáveis da Federação Portuguesa de Futebol.

Na final defrontaram-se as seleções da Noruega e da Polónia, com o selecionado nordico a sagrar-se vencedor da prova, com o resultado de 3-0.

Com este triunfo, a Noruega aumentou para 5, o número de títulos no histórico da competição. Caroline Graham Hansen, da seleção escandinava, foi distinguida com o prémio de melhor jogadora do Torneio, entregue pelo Vice-Presidente da Câmara Municipal de Lagoa, Luís Encarnação.

O Município de Lagoa que este ano promove a causa da Cidade Inclusiva, felicitou todas as seleções participantes, em particular as novas campeãs da seleção da Noruega, “país onde os valores fundamentais como a não descriminação, inclusão, igualdade de género e cidadania se encontram fortemente consolidados e são exemplo de boas práticas para outros povos, seja no futebol, no desporto, ou na vida em geral”, acrescentou o vice-presidente da Câmara de Lagoa.

A “Algarve Cup” organizada pela FIFA e pela Federação Portuguesa de Futebol, em cooperação com várias outras entidades nomeadamente a Câmara de Lagoa, integra-se no 3º eixo estratégico de desenvolvimento desportivo municipal do concelho designado como “Lagoa Acolhe Grandes Eventos Desportivos”. “Desporto para todos” e “Desporto de competição” são os outros dois eixos da mesma estratégia.

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*


CAPTCHA Image

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close