NOS Alive o mais mediático dos festivais em Julho

164

O NOS Alive foi o festival mais mediático no mês de julho, segundo o ranking da Cision.

O evento, que decorreu de 11 a 13 do mês passado no Passeio Marítimo de Algés posicionou-se no topo da tabela da Maratona dos Festivais de Verão – Ranking Cision graças, sobretudo, ao elevado número de notícias em que foi mencionado, quase duas mil.

O Super Bock Super Rock, outro dos grandes festivais que teve lugar no mês de julho, regressou às posições cimeiras, neste caso graças à grande exposição que obteve na rádio e televisão, mais de 25 horas.

O pódio fica completo com outro dos festivais de julho, o Meo Marés Vivas. O evento que se realiza a norte foi referido em mais de 600 notícias e registou quase 10 horas de tempo de antena na TV e rádio. O EDP Cool Jazz, que animou Oeiras ao longo do mês, surge em quarto lugar deste ranking Cision.

O Vodafone Paredes de Coura ascendeu à primeira metade da tabela. Por ordem decrescente, constam ainda deste ranking o Sumol Summer Fest, o Meo Sudoeste, o NOS Primavera Sound, O Sol da Caparica e o EDP Vilar de Mouros.

No auge da temporada dos festivais de verão, os eventos monitorizados pela Cision registaram o pico da sua presença nos media. Este mês, totalizaram 4.776 notícias e mais de 68 horas de tempo de antena na rádio e TV.

A Maratona dos Festivais de Verão – Ranking Cision é um estudo realizado de forma continuada pela Cision, que analisa a evolução do mediatismo comparado de diversos festivais de música realizados em Portugal, ao longo dos meses, até ao final do verão.

O trabalho desenvolvido pela Cision no âmbito dos festivais foi reconhecido pelo segundo ano consecutivo nos Iberian Festival Awards, onde a Cision foi distinguida com o prémio Best Service Provider.

O desempenho mediático conquistado por cada festival é calculado tendo em conta a metodologia Cision de avaliação de comunicação, que considera o número de notícias identificadas, o espaço ou tempo de antena ocupado, as oportunidades de visualização tendo em conta as audiências alcançadas e o valor do espaço editorial contabilizado em função das tabelas de publicidade de cada órgão de comunicação social.

O objeto de análise deste estudo são todas as notícias referentes aos diferentes festivais, veiculadas no espaço editorial português, em mais de dois mil meios de comunicação social (televisão, rádio, online e imprensa). Neste caso, o ranking reflete o resultado de 1 a 31 de julho de 2019, com os diferentes festivais a serem ordenados pela posição alcançada.

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*


CAPTCHA Image

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close