O Prémio The Best demonstra que na FIFA nada mudou

187

O prémio The Best atribuído anualmente pela FIFA, que deveria ser sinónimo do maior prestígio para jogadores, clubes e adeptos, ao distinguir o melhor jogador de Futebol numa temporada, vulgo o melhor do mundo, está completamente desacreditado, por se saber agora que as votações em 2019, foram manipuladas, desvirtuando o resultado final.

Segundo as mais recentes denúncias, que apontam para a manipulação das votações, pela entidade maior do futebol mundial, o prémio não está a ser atribuído ao jogador mais votado pelos diversos intervenientes no processo, mas sim ao jogador que granjeia maiores simpatias do italiano Gianni Infantino, o atual presidente da FIFA.

Este fraude, cujas pobres justificações da FIFA não colam, manda o prestígio do prémio para o garete, o buraco negro situado nas calendas da honestidade e integridade dos seus promotores, que deviam ser os primeiros a dar os melhores exemplos de valorização da modalidade.

Não tem a ver com o facto de Cristiano Ronaldo não ter sido premiado, pela temporada fantástica e resultados que obteve na época desportiva a que respeita o prémio, na qual foi de longe, superior aos restantes finalistas, mas porque choca e indigna todos quantos são confrontados com a constatação, de que se está perante mais um fraude, desvirtuador da verdade desportiva.

Depois deste desprestigiante episódio, que só veio confirmar as dúvidas que já vinham de 2018, o prémio The Best atribuido pela FIFA, deixa de ter qualquer significado desportivo, enquanto não fôr demonstrada a autenticidade dos votos que somados, resultam na atribuição desse prémio.

De Gianni Infantino esperava-se que assumindo a liderança da FIFA, esta deixa-se de ser a organização dominada pela corrupção desportiva e entrasse finalmente pelos melhores caminhos da ética e integridade, por parte de quem a dirige, mas afinal… parece que nada mudou…

Carlos Santomor
Editor

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*


CAPTCHA Image

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close