Oposição acaba com a U.M. de Saúde de Castro Marim

Oposição acaba com a U.M. de Saúde de Castro Marim

295

A Unidade Móvel de Saúde (UMS) do concelho de Castro Marim, tem a sua atividade encerrada devido ao chumbo da oposição, na última reunião de câmara.

Francisco Amaral, o presidente da câmara municipal de Castro Marim, também médico e fundador da primeira UMS do país em Alcoutim (1995), manifestou-se na reunião de câmara, contra a iniciativa da oposição, declarando que “isto é uma decisão inexplicável, penalizadora das gentes frágeis de Castro Marim, eu diria até que é uma decisão criminosa. O povo de Castro Marim não merece isto”.

A funcionar desde há 3 anos, graças ao protocolo com a Associação Social da Freguesia de Odeleite, a Unidade Móvel de Saúde de Castro Marim foi a primeira no país a garantir um médico a tempo inteiro, para além dos serviços de enfermagem.

Aquela unidade, percorria diariamente o interior do concelho, prestando cuidados a uma população envelhecida e carenciada nas cerca de 100 povoações mais dispersas e isoladas.

No entanto, em reunião de câmara, a proposta de continuidade apresentada pelo executivo com pelouros foi chumbada, por se considerarem inadequados os moldes em que esta UMS tem prestado os seus serviços.

A UMS de Castro Marim funcionava em articulação com a Associação Social da Freguesia de Odeleite, a Associação de Bem Estar Social da Freguesia do Azinhal, Centro de Saúde de Castro Marim e ARS Algarve.

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*


CAPTCHA Image

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close