Pinhal Novo vai finalmente ter nova Unidade de Saúde

166

A construção da Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados do Pinhal Novo-Sul já tem luz verde da Administração Central, obra que vai ser concretizada através de um Contrato-Programa que será celebrado entre o Município e a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo.

De acordo com o documento, ratificado na última reunião de Câmara, o Ministério da Saúde financia a construção do equipamento no valor de 1.184 mil euros, enquanto o Município se responsabiliza pela execução dos projetos de arquitetura e especialidades, o lançamento da empreitada e respetiva fiscalização.

O Município realiza também, e assume os encargos com acessos, estacionamentos, infraestruturas, arranjo e manutenção de espaços exteriores.

A Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados de Pinhal Novo-Sul será construída num terreno reservado para o efeito há 14 anos e cedido, formalmente, há sete, pelo Município de Palmela ao Ministério da Saúde, com a condição de concretizar este investimento no prazo de dois anos.

Reclamado, desde 2001, pela autarquia e pela população, que tem sido gravemente prejudicada pela precariedade das instalações existentes e pela elevada percentagem de utentes sem médico de família, o novo equipamento de saúde em Pinhal Novo, a freguesia mais populosa do concelho de Palmela, é uma aspiração antiga da freguesia e do concelho, numa luta que justificou muitos momentos de reflexão, reivindicação, propostas e intensos contactos institucionais, ao longo dos anos.

A Câmara Municipal de Palmela manteve uma postura de cooperação ao longo de todo o processo, que se consubstanciou ainda na assunção de parte das competências que seriam da responsabilidade da Administração Central, certa, no entanto, de que este é o melhor caminho para solucionar a questão e prestar melhores cuidados de saúde aos utentes de Pinhal Novo.

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*


CAPTCHA Image

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close