Prémio Femina 2016 distingue Notáveis Mulheres

Prémio Femina 2016 distingue Notáveis Mulheres

405

A entrega do Prémio Femina 2016 vai ter lugar no dia 22 de Outubro (20H00) em cerimónia que está programada para o Salão das Naus, no Hotel Palácio do Governador, o antigo Palácio do Governador da Torre de Belém, em Lisboa.

Criado pela “Matriz Portuguesa” este prémio distingue as Notáveis Mulheres Portuguesas e da Lusofonia, oriundas de Portugal, dos Países de Expressão Portuguesa, das Comunidades Portuguesas e Lusófonas, e Luso-descendentes, que se tenham distinguido com mérito ao nível profissional, cultural e humanitário no Mundo, pelo Conhecimento e pelo seu relacionamento com outras Culturas.

O Prémio Femina criado em 2010, foi inspirado na Infanta Dona Maria de Portugal, mecenas das Artes e Ciências, patrona da Matriz Portuguesa – MPADC – Associação para o Desenvolvimento da Cultura e do Conhecimento, última descendente de Dom Manuel I, digna representante da Era de Ouro de Portugal.

A atribuição do prémio às agraciadas é feita por uma Comissão de Honra, constituída exclusivamente por membros masculinos, reconhecendo, o seu valor e excelência na sociedade portuguesa, como seus pares de pleno direito.

Comissão de Honra Prémio Femina 2016

Presidente

João Micael
Fundador e presidente da Matriz Portuguesa – MPADC – Associação para o Desenvolvimento da Cultura e do Conhecimento, Director da Academia de Protocolo e Director da revista Portugal Protocolo.

Adriano Moreira
Politólogo, sociólogo, presidente da Academia das Ciências de Lisboa e da Academia Portuguesa da História; Membro do Concílio de Honra da Matriz Portuguesa – MPADC – Associação para o Desenvolvimento da Cultura e do Conhecimento.

Ruy de Carvalho
Um dos Maiores Actores Portugueses, com uma carreira internacional, do Teatro, Cinema e Televisão.

Partilhe:




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*


CAPTCHA Image

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close