Primeiros testes do Projeto Autocits liderado pela Indra

Primeiros testes do Projeto Autocits liderado pela Indra

514

O consórcio do projeto AUTOCITS, liderado pela Indra, apresentou os resultados dos primeiros testes com veículos autónomos realizados em Portugal num workshop, que se realizou hoje, no Terminal de Cruzeiros de Lisboa, onde foram apresentados os avanços do projeto europeu de inovação AUTOCITS, que testou a condução autónoma em Lisboa, Madrid e Paris, cidades do denominado Corredor Atlântico da RTE-T. A sessão contou com uma intervenção do Prof. Doutor Henrique Machado Jorge e foi encerrada por Sua Excelência o Secretário de Estado Adjunto e da Mobilidade, Prof. Doutor José Mendes

Para além da Indra, que coordena o projeto a nível europeu, participaram neste evento os vários parceiros do projeto, entre eles a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária, o Instituto Pedro Nunes e a Universidade de Coimbra, o evento contou ainda com a participação de entidades ligadas à tecnologia dos veículos autónomos e conectados, à infraestrutura rodoviária, bem como com as Forças de Segurança.

O Projeto AUTOCITS tem como principais objetivos estudar o enquadramento legal da condução autónoma; implementar, testar e avaliar os serviços “Day 1” do C-ITS para veículos autónomos de acordo com a regulamentação de trânsito aplicável; Disponibilizar recomendações para a regulamentação e implementação em larga escala, e Cooperar com outras iniciativas.

Durante o evento, que hoje se realizou, foi feita uma demonstração com Shuttles autónomos que permitiram o transporte de passageiros num troço aproximado de 800 metros e que ligou o Terminal de Cruzeiros de Lisboa às estações de comboio e metro de Santa Apolónia.

No projeto-piloto de Lisboa, realizado em outubro passado, durante 4 dias nos dois sentidos da CREL, entre os nós da Pontinha (km 10) e de Odivelas (km 17), os serviços C-ITS testados contribuíram para ampliar a “visão” do veículo autónomo através de alertas sobre congestionamentos de trânsito, notificações sobre veículos lentos ou estacionados e avisos sobre condições climatéricas adversas. Para a realização dos testes foram utilizados eventos simulados.

Uma equipa técnica de Madrid composta pela Indra e a Universidade Politécnica de Madrid, veio a Portugal com um dos seus veículos autónomos e equipamento ITS, utilizados no projeto-piloto da capital espanhola, testar a interoperabilidade do sistema.

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*


CAPTCHA Image

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close