A Associação Odiana, em colaboração com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), requalificou o circuito do "Sapal de Venta Moinhos"

Requalificado o circuito do Sapal de Venta Moinhos

178

A Associação Odiana, em colaboração com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), requalificou o circuito do “Sapal de Venta Moinhos”, na Reserva Natural de Castro Marim e Vila Real de Santo António.

Segundo a Odiana, depois da sua instalação daquele circuito, há mais de uma década, foram substituídas as estruturas que compõem o circuito interpretativo coincidente com o caminho de acesso ao Centro de Interpretação daquela Reserva Natural.

O objetivo desta ação, promovida pela Odiana através do projeto VALAGUA, é a manutenção, preservação e valorização de trilhos na Reserva Natural do Sapal de Castro Marim e VRSA (RNSCMVRSA), tendo como foco o pedestrianismo, birdwatching, o património hidrológico e a crescente promoção do Turismo de Natureza no Baixo Guadiana.

Dada a degradação avançada das infraestruturas existentes, as mesmas foram removidas e substituídas por 2 totens direcionais, 1 painel de boas vindas, 1 painel com mapa, 2 mesas interpretativas grandes e 4 mesas interpretativas pequenas. Para além da requalificação, outro dos motivos subjacentes é permitir que os visitantes acedam e desfrutem dos caminhos com a informação disponível. A requalificação foi concluída no passado mês de Junho com um custo total de € 10.183,42.

Esta requalificação permite e apoia a interpretação dos valores naturais e culturais do percurso e reitera a importância do Turismo de Natureza no território, fazendo jus à estratégia da Odiana na promoção do slogan: «Baixo Guadiana como uma Região de Turismo de Natureza por Excelência». Pode encontrar o álbum de fotos aqui!

Recorde que o percurso «Sapal de Venta Moinhos» coincide com o caminho de acesso ao Centro de Interpretação da Reserva Natural seguindo, para norte, até ao rio Guadiana. O circuito interpretado desenvolve-se a sul do edifício permitindo observar, numa pequena caminhada, os diferentes biótopos existentes nesta zona húmida, nomeadamente sapais, salinas e lagoas permanentes e temporárias. O percurso é linear, tem uma extensão de 6 km´s, com valência pedestre e btt.

A Reserva Natural do Sapal de Castro Marim e VRSA encontra-se perto da foz do Guadiana com cerca de 2mil ha, maioritariamente ocupada pelas zonas húmidas de sapais, salinas e esteiros que constituem um habitat fundamental para milhares de aves aquáticas. Foi a primeira Reserva Natural a ser criada em Portugal (continente) em 1975, sendo uma das mais importantes zonas húmidas do país.

A salientar que esta ação de requalificação é uma iniciativa da Associação Odiana, através do seu projeto VALAGUA, levada a cabo com a direta colaboração do Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), e com o apoio dos Municípios de Alcoutim e Castro Marim.

O projeto VALAGUA – Valorização Ambiental e Gestão Integrada de Água e dos habitats no Baixo Guadiana transfronteiriço – é uma iniciativa de cooperação entre o Algarve, Alentejo e Andaluzia, aprovado no âmbito da Primeira Convocatória do Programa Interreg V-A Espanha- Portugal 2014-2020 (POCTEP), e cofinanciado pelo FEDER a 75%.

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*


CAPTCHA Image

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close