Home | Livros | Vida é Um Sopro

Vida é Um Sopro

O livro a “Vida é Um Sopro”, de Miguel Mealha Estrada e António Coimbra de Matos, foi apresentado no passado sábado na Livraria LeYa na Buchholz, em Lisboa, por Volker Dieudonné com moderação será de Rui Miguel Lucena.

Miguel Mealha Estrada trabalhava num projeto de saúde mental em escolas do Norte de Londres quando conheceu Lisa e Peter: uma mãe depressiva, com duas tentativas de suicídio, e o filho à mercê das circunstâncias. A história, para o psicoterapeuta, não foi só mais um caso clínico. Ficou-lhe na memória e marcou-o profundamente. Neste livro, recorda este momento da sua vida para nos ensinar o valor da esperança, a importância da compreensão e o poder do amor.

Alguns anos mais tarde, senta-se com António Coimbra de Matos, seu mestre na psicanálise, refazendo novamente o seu caminho com Lisa e Peter.

Dois psicanalistas de duas gerações distantes falam sobre depressão, suicídio, família e amigos, escola e trabalho, sociedade e serviços de saúde mental. E de tudo o que já foi feito e do tanto que ainda há (haverá) sempre por fazer.

Miguel Mealha Estrada é psicanalista pediátrico e de neurodesenvolvimento. Formado no Reino Unido, trabalhou vários anos para o NHS, o serviço nacional de saúde britânico, tal como para entidades privadas. Em Inglaterra, foi director clínico de dois centros de dia para crianças com autismo e responsável clínico do projecto Targeted Mental Health in Schools (TaMHS), um programa de saúde mental infantil britânico do NHS.

Regressou em 2012 e trabalha hoje em dia no sector privado e é coordenador clínico do projecto-satélite do TaMHS em Portugal, Cuidar da Saúde Mental Pediátrica.

É autor dos livros Um Mapa para Chegar ao Coração da Criança e Ouvir o que a Criança Não Diz.

António Coimbra de Matos é psiquiatra, pedopsiquiatra e psicanalista e uma figura incontornável na história da saúde mental em Portugal, com incidência no estudo da depressão. Formou-se em Medicina na Universidade do Porto e especializou-se em Psiquiatria. Foi director do Centro de Saúde Mental Infantil e Juvenil de Lisboa, onde trabalhou com João dos Santos, o pai da pedopsiquiatria portuguesa, fundador e presidente de várias sociedades científicas, professor no ISPA e na Faculdade de Psicologia de Lisboa.

Em 2012, nos EUA, foi premiado como Distinto Professor de Psicanálise. É autor de variados artigos e livros.

Partilhe:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

*

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close