Vilas Portuguesas que guardam memórias e contam histórias

Vilas Portuguesas que guardam memórias e contam histórias

51

As cidades portuguesas estão a crescer em turistas e visitantes, mas as mais de 500 vilas inspiradoras, que se espalham pelo interior deste país, contam histórias e memórias de um país com mais de 800 anos de história.

Quer seja pelo património histórico, natural e gastronómico, quer pela hospitalidade das pessoas que as habitam, as vilas de Portugal, que ocupam uma significativa parte do território nacional, afirmam-se pela sua tradição, diversidade e encanto.

A momondo apresenta as 7 vilas portuguesas que desafia a explorar este ano, , ricas em histórias, factos, hospitalidade, gastronomia e eventos únicos.

1. Óbidos, Leiria

Cercados por muralhas com cerca de 1,5 km de comprimento onde se vislumbra uma paisagem única, os passeios pela vila de Óbidos são como reviver a nossa história, num enredo de ruelas antigas demarcadas por casas de traços góticos e pintadas por coloridas flores, oferecendo uma experiência única em qualquer altura do ano. Este labirinto culmina no Castelo de Óbidos, uma das 7 maravilhas de Portugal. Para complementar esta visita, descubra as inúmeras igrejas, o Pelourinho, o Aqueduto, o Santuário do Sr. da Penha e a Lagoa de Óbidos. Uma vila cheia de vida envolvida, ao longo do ano, em diversas festas e festivais, como o Festival de Chocolate, o Mercado Medieval e a Vila Natal.

2. Monsaraz, Évora

Monsaraz é outro excelente exemplo de uma vila medieval, agora no coração do Alentejo. Considerada um museu “ao ar livre”, muito provavelmente pelo seu castelo, classificado como Monumento Nacional. Há muitos motivos para a visitar, da muralha ao Largo D. Nuno Álvares Pereira, da Igreja Matriz de Nossa Senhora da Lagoa, da Casa Monsaraz e à Travessa da Cadeia. Se a descrição o deixou cheio de apetite, aproveite para experimentar a gastronomia local, onde poderá encontrar os melhores pratos tradicionais alentejanos, como as migas ou o borrego e o delicioso porco preto.

3. Dornes, Santarém

Uma vila que se apelida de aldeia, Dornes é um ponto escondido de Portugal. Usufrui de uma beleza natural única explicada pelo rio Zêzere que a banha, formando uma península de tons de verde e é o local ideal para fotografias de paisagem extraordinárias. Nesta vila tem uma pequena praia fluvial, onde é possível fazer passeios de canoa ou gaivota pelo rio, e a possibilidade de fazer passeios pedestres da Grande Rota do Zêzere. Uma pequena terra em que o passeio é curto, mas o desejo de ficar vai ser certamente longo, sobretudo para quem o vai querer registar em fotografias que vão fazer furor nas redes sociais.

4. Monsanto, Castelo Branco

Considerada a vila mais portuguesa de Portugal, Monsanto é conhecida pelas ruínas de um castelo e os seus gigantescos pedregulhos de granito, muitos dos quais formam as paredes das casas de campo, conferindo uma imagem muito típica a esta vila. Suba até a parte mais antiga – o ponto mais alto da vila, onde os Templários construíram uma cerca com uma torre de menagem e, a caminho, maravilhe-se com a Torre do Relógio, com a Capela de Santo António, com a casa de Fernando Namora e com o Cruzeiro de São Salvador.

5. Sintra, Lisboa

Um paraíso a menos de 30 km de Lisboa, as palavras magia, mistério e envolvência não são suficientes para descrever a beleza da vila de Sintra. Para descobrir o que isto quer dizer, terá de visitá-la e conhecer este património nacional que conjuga uma das mais belas paisagens naturais com históricos monumentos. Deixe-se perder pelas ruelas estreitas onde poderá encontrar lojas de gastronomia e artesanato locais, onde poderá provar produtos regionais que darão as energias necessárias para subir até ao Palácio da Pena, passear pela Quinta da Regaleira, pelo Castelo dos Mouros, pelo Palácio Nacional de Sintra e pelo Parque e Palácio de Monserrate.

6. Alte, Faro

E porque Portugal é também mar, não fazia sentido deixar o Algarve à margem deste ranking. E como esta região tem muito mais do que praias, damos a conhecer a vila de Alte, para muitos a aldeia mais típica de todo o Algarve, perfeita para passeios românticos ou em família. Se quer fugir à rotina e ao stress do dia a dia, aqui vai encontrar paz e conforto que procura, sobretudo na zona da Fonte Grande – muito provavelmente a zona com a paisagem mais atrativa, também considerada a “praia” desta vila. Mas não é a única: a ribeira de Alte, que atravessa a vila desde a Fonte Grande até à Queda do Vigário, e Fonte Pequena, que presta homenagem ao poeta Cândido Guerreiro, arrebatam-nos com a sua beleza. As principais atividades culturais decorrem na semana que antecede o 1.º de Maio, como o evento anual – a Semana Cultural – onde se destacam as tradições e atividades culturais de Alte, além de um rico programa que inclui os temas música, desporto, artesanato e gastronomia.

7. Vila do Porto, Santa Maria

Já viajámos de Norte a Sul do País e agora convidamo-lo a dar um saltinho às ilhas. A Vila do Porto é o destino mais antigo dos Açores. Fundada em 1450, tem muitos pontos turísticos que o vão deixar com um profundo desejo de lá voltar. Esta vila destaca-se por ser a única da ilha que possui, além de um extenso areal, uma piscina natural onde poderá nadar no meio dos peixes. Vai querer conhecer a baía da Maia e a de São Lourenço, a Cascata do Aveiro com cerca de 100 m de altura, e ainda os Fortes de São Brás e de São João Batista. Explore também o Museu de Santa Maria e fascine-se com o estilo barroco da Igreja de Nossa Senhora da Purificação. Entre as várias atividades culturais, as que nos chamaram a atenção foram o Festival Maia Folk e o Festival Santa Maria Blues, em julho. Caso a visite em agosto, vai ter a oportunidade de ir ao Festival Maré de Agosto e ao Rally de Santa Maria.

Vilas únicas, mas que partilham muito entre si, não seriam elas vilas portuguesas onde reina a boa gastronomia, as paisagens pitorescas e, na maioria delas, uma cultura e história que perdura no presente e nos fazem viajar. São mais do que muitos os argumentos para incluir uma destas vilas no seu próximo plano de viagem!

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*


CAPTCHA Image

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close