Dias Medievais em Castro Marim

XXII Edição dos Dias Medievais em Castro Marim

173

A Vila de Castro Marim transforma-se de 28 de agosto a 01 de setembro, numa vila encantada, recriando, com rigor, usos, costumes e vivências do passado medieval.

Durante cinco dias e noites de regresso à Idade Média, a época mais intrigante da história da humanidade, o Castelo e a Vila transformam-se no cenário medieval para receber reis e rainhas, cavaleiros de armaduras reluzentes, bobos e jograis, comerciantes, monges, damas e nobres, mas também as contradições de uma época simultaneamente bárbara e culta, palco de acontecimentos e decisões que ficaram na história e de magníficas produções culturais e artísticas

Os torneios a cavalo, os teatros de rua, os muitos grupos de animação “passa calles”, com malabaristas, zaragateiros, cuspidores de fogo, gaiteiros, equilibristas, espadachins e contorcionistas, a música medieval, a música e dança árabe-oriental, a música sacra, as danças medievais, a exposição de Instrumentos de Tortura e Punição, o mercado medieval e os banquetes, são algumas das principais atrações e trazem com elas toda a magia desta época tão fascinante.

Os Dias Medievais em Castro Marim têm por palco principal o Castelo, que é o cenário mais leal possível à Idade Média. É aqui que acontecem as maiores recriações, como as de artes e ofícios, onde estão representadas mais de 45 profissões, e os grandes espetáculos, como os torneios medievais a cavalo. É também o Castelo, no Paiol, que acolhe a renovada exposição de Instrumentos de Tortura e Punição (cofinanciada pelo Interreg V-A, apoiada pela União Europeia, cofinanciada a 75% pelo FEDER, projeto FOURTOURS), mostrando-nos uma das razões pela qual a Idade Média é considerada como a Idade das Trevas.

Pelo banquete, outra das grandes atrações deste evento, passam todos os grupos de animação do evento. À semelhança do que acontecia na Idade Média, à luz misteriosa das tochas, os comensais experimentam as melhores iguarias da época, enquanto desfrutam dos espetáculos de animação. Uma experiência inovadora e diferenciada do restante banquete também pode ser adquirida nesta edição, “Seja Rei por uma Noite”, uma mesa real que reúne 10 convivas, com a pompa e circunstância das cortes da Idade Média.

Todas as classes que estruturavam o quotidiano da Idade Média vão estar representadas, clero, nobreza, burguesia e povo, e nas mesmas ruas e ruelas daremos de caras com as criaturas mitológicas, os monstros, as criaturas demoníacas e mágicas, que explicavam tudo o que ainda era vago e impreciso.

O Forte de S. Sebastião, outro dos palcos deste evento, albergará a Guarnição Militar, uma recriação histórica onde poderá ver várias exposições temáticas, exibições de falcoaria, treino de escudeiros, torneios e artes como a de cavalgar, esgrima e arco longo.

Mantendo o rigor, este ano foram reforçadas algumas questões de segurança, de saúde e questões ambientais, um trabalho que pretende elevar os Dias Medievais em Castro Marim a Eco Evento. Este ano, o objetivo passa por conseguir uma redução drástica de resíduos e uma reutilização máxima dos bens e cenários de cada edição. Vão ser utilizados os copos em barro, como desde quase a génese dos Medievais, e há uma efetiva redução de gasto em papel na produção de todos os materiais gráficos.

Por ser uma época transversal a uma série de culturas, consolida-se este ano a ligação histórica do café ao período medieval, estando agora presente em todo o evento, numa parceria mais estreita com a “Delta Cafés”.

As bilheteiras dos Dias Medievais em Castro Marim abrem pelas 15h00, enquanto as atividades e animação do evento arrancam às 17h00 e encerram às 00h00. Durante o evento, organizado pela Câmara Municipal de Castro Marim, o Gabinete de Apoio ao Munícipe (GAM) funcionará como posto de informações e de apoio.

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*


CAPTCHA Image

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close