96% dos portugueses utilizam dispositivos móveis

96% dos portugueses utilizam dispositivos móveis

1050

Portugal é um dos três países da UE com maior penetração das tecnologias de comunicação, 96% dos portugueses têm um dispositivo móvel, segundo dados do Mobile Shopping, Banking and Payment Survey, recentemente desenvolvido pela Nielsen.

O estudo revela que os portugueses são fortes adeptos das novas tecnologias e dos telemóveis, 69% valorizam a liberdade de estarem contactáveis a qualquer momento e em qualquer lugar e 65% dizem que os dispositivos móveis vieram melhorar a sua qualidade de vida.

Mas os inquiridos também admitem que as relações face-to-face estão a ser substituídas por relações “eletrónicas” (69%) e que se sentem sobrecarregados de informação (67%), valorizando os momentos em que não estão conectados (55%).

Este estudo Nielsen revela ainda que 82% recorrem aos dispositivos móveis para aceder ao email (+11pp relativamente à media europeia), 78% para utilizar redes sociais (+16pp comparativamente à media europeia) e 64% para procurar um produto ou serviço (+14pp comparativamente à media europeia).

Segundo o diretor geral da Nielsen Iberia, Gustavo Núñez “os portugueses são early adopters e adeptos das novidades, demonstrando uma taxa de penetração de aparelhos móveis acima da media europeia. No entanto, utilizam-nos sobretudo para consultar o email e as redes sociais. Relativamente às suas contas bancárias, os portugueses utilizam os dispositivos mobile principalmente para consultar o seu saldo ou os movimentos efectuados, mas apenas quatro em cada dez o fazem. E são muito menos aqueles que utilizam atualmente a aplicação do banco.”

As Compras online através de uma app? São uma opção para 70% dos portugueses. Entre os que optam por fazer compras online, mais de metade dizem utilizar os dispositivos móveis para procurar informação sobre um produto ou para comparar preços durante a compra. 42% utilizam estes aparelhos para procurar cupões de desconto ou ofertas e 41% para tomarem decisões de compra mais acertadas.

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close