Home | Economia | Entidades | A eficiência e produtividade afetaram a economia em 2020
A eficiência e produtividade afetaram a economia em 2020

A eficiência e produtividade afetaram a economia em 2020

A economia portuguesa ficou marcada em 2020, pelas perturbações do lado da oferta, segundo o Boletim Económico do Banco de Portugal de maio de 2021.

A redução da eficiência e da produtividade, trabalho e capital, foram fatores que afetaram a economia portuguesa.

As reduções do PIB, consumo e emprego refletiram o surgimento de múltiplas restrições do lado da oferta, tais como a impossibilidade parcial ou total de circulação de trabalhadores, bens ou serviços, o encerramento parcial ou total de empresas, disrupções nas cadeias de abastecimento, ou o absentismo gerado por razões de saúde pública. As perturbações do lado da procura também influenciaram negativamente a economia portuguesa, embora em menor grau. Destacou-se a quebra da procura externa, a qual determinou uma evolução negativa das exportações portuguesas, com destaque para o turismo.

Em sentido contrário, a política orçamental e condições financeiras favoráveis permitiram mitigar a evolução negativa da economia. Observou-se uma acomodação das medidas de política no aumento da dívida pública e as condições financeiras foram mais favoráveis do que seria expectável pela envolvente económica. Estes efeitos foram potenciados por medidas públicas tais como garantias estatais ou moratórias.

BdP / CS

Partilhe:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.