Home | Economia | Empresas | A Faturação da Vitivinícola Ervideira cresceu 25% em 2021
A Faturação da Vitivinícola Ervideira cresceu 25% em 2021
(Ao centro) Duarte Leal da Costa, Diretor Executivo da Ervideira

A Faturação da Vitivinícola Ervideira cresceu 25% em 2021

A vitivinícola Ervideira concluiu 2021, com um crescimento de 25% na faturação e com resultados líquidos de 10%, num ano desafiante, “com o mercado fechado mais de três meses”.

Esta evolução positiva melhora os resultados obtidos em 2020, ano em que a empresa registou uma quebra forte, na ordem dos 35%, apesar do resultado líquido de 10% na faturação.

2022 é para nós, um ano prometedor, estamos confiantes de que será o ano da recuperação. A nossa estratégia vai passar por continuar a investir e inovar, com o foco na qualidade dos nossos produtos e na solidez das nossas parcerias. O objetivo passa por, pelo menos, recuperar os resultados de 2019, aquele que foi o melhor ano da história recente”, afirma Duarte Leal da Costa, Diretor Executivo da Ervideira.

Desde o início da pandemia que a Ervideira tem reforçado a sua estratégia de negócio e diversificação de produtos que disponibiliza para o mercado, como também pela forma como assumiu o seu papel de responsabilidade social, ao produzir e colocar no mercado o seu próprio álcool gel, extremamente eficaz, de forma a contribuir para o combate à pandemia.

Sobre a Ervideira

A Ervideira é uma das empresas vitivinícolas seculares em Portugal, produzindo vinho desde 1880. Atualmente possui um total de 110 hectares de vinha, distribuídos pelas sub-regiões da Vidigueira (60 ha) e Reguengos (50 ha). Entre os seus vinhos, estão marcas como Conde D’Ervideira, Invisível, Vinha D’Ervideira, Terras D’Ervideira e Lusitano.

Partilhe:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.