A Portuguesa Gema Digital abre escritório em Londres

A Portuguesa Gema Digital abre escritório em Londres

1141

A tecnológica portuguesa “Gema Digital” que já se encontra representada em Angola e no Brasil anunciou a abertura de um escritório em Londres.

A multiculturalidade do Reino Unido e o facto de ser uma porta de entrada para outros mercados internacionais, são algumas das motivações da tecnológica para inauguração do novo escritório, associada a dois parceiros locais.

Com o novo espaço no Reino Unido, a Gema Digital oferece ao mercado, novas soluções na área de imersividade e interatividade. A realidade virtual e a realidade aumentada são o foco dos negócios da empresa.

A internacionalização tem sido, desde 2011, o alvo da estratégia da Gema Digital, com a entrada em Angola e no Brasil, onde já foram realizados trabalhos para várias empresas e marcas de renome, como a Sonangol, Total e cerveja Cuca (Angola), Pepsi, Lenovo, Toyota e Museu Pelé (Brasil).

Em 2015 a Gema deu novos passos na internacionalização, com a realização de projetos em Espanha, para marcas como a Peugeot e a Takis, e no México, para o Salón de la Fama para o Museo del Fútbol.

“Apesar de contarmos em Portugal com um portefólio de projetos bastante rico, nunca limitámos as nossas maiores ambições a um único mercado. Acreditamos que a nossa criatividade e a inovação tecnológica são um fator diferenciador em muitos mercados mundiais. O sucesso da entrada no Brasil, Angola, México, EUA e Espanha, num curtíssimo espaço de tempo, alimentam-nos a certeza de que os produtos da Gema são altamente internacionalizáveis e escaláveis. O Reino Unido é uma das nossas grandes apostas na Europa e contamos já com alguns projetos em desenvolvimento na área da museologia”, explica Martim Pessanha, partner da Gema Digital.

Atualmente os projetos internacionais da Gema Digital, representam cerca de 55% do negócio total da empresa, valor que têm vindo a crescer de ano para ano.

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close