Home | Sociedade | Notícia* | Alerta para a extinção dos povos indígenas no Brasil
Alerta para a extinção dos povos indígenas no Brasil
Alerta para a extinção dos povos indígenas no Brasil

Alerta para a extinção dos povos indígenas no Brasil

A Extinction Rebellion Lisboa, organiza este domingo, 9 de agosto, uma ação de alerta para o genocídio indígena que decorre no Brasil. Esta ação vai ter lugar na Praça Luis de Camões em Lisboa, com início ao meio-dia.

A iniciativa da ERL, resposta ao apelo dos Povos Indígenas do Brasil (APIB) por uma ação global de alerta para o genocídio das comunidades indígenas brasileiras face à disseminação do COVID-19. A ação acontece no dia internacional dos povos indígenas e integra os esforços coletivos de combate à pandemia, fazendo parte de um movimento internacional denominado Emergência Indígena.

A ação contará com um momento de silêncio, seguido de um momento de maracá. O Maracá é um símbolo marcante dos povos indígenas e está presente em rituais, sejam de luta, sejam de celebração. “Fazemos ressoar nossos maracás para que as vidas indígenas impactadas pela pandemia sejam lembradas e para chamar atenção da sociedade sobre o que está acontecendo conosco”, comenta Sônia Guajajara, coordenadora da APIB.

Dados do Memorial pela Vida e Memória Indígena apontam, até 6 de agosto, 22.656 pessoas infectadas e 639 óbitos em decorrência do novo coronavírus. Já são 148 povos impactados em todo o Brasil, incluindo os Warao que são originalmente da Venezuela, mas encontram-se refugiados em diferentes estados brasileiros.

A pequena dimensão de alguns dos povos faz com que a entrada do vírus signifique a sua extinção. “Quando falamos de genocídio não estamos exagerando. Temos comunidades que se o vírus entrar, desaparecem.”, alerta Eloy Terena, advogado da APIB. Sendo as comunidades indígenas a linha da frente da defesa dos territórios naturais no Brasil – sendo o exemplo paradigmático a defesa da floresta Amazónica – a extinção destes povos significa também a destruição de ecossistemas e habitats que nele existem, a extinção das espécies, a destruição de várias formas de vida. Assim, o genocídio dos povos indígenas abrirá portas para o ecocídio

Partilhe:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close