Home » Desporto » ALGO SOBRE PESCA

ALGO SOBRE PESCA

Fernando Fontes

Fernando Fontes

Ap√≥s ter tido o conhecimento da exist√™ncia deste jornal, onde poderia escrever ‚Äúalgo sobre pesca‚ÄĚ, resolvi meter m√£os √† obra e sentei-me em frente ao computador, mas depois fiquei preocupado, primeiro, escrever nunca foi a minha melhor faceta e segundo, escrever sobre pesca, o qu√™? O mundo da pesca √© t√£o vasto e diversificado, onde j√° existem in√ļmeras publica√ß√Ķes, blogues e f√≥runs que se debru√ßam sobre o assunto, alguns at√© com muito rigor e conhecimento, que me deixaram o campo de manobra de certa forma limitado. Mas, como tamb√©m n√£o sou de cruzar os bra√ßos, aqui vai ‚Äúalgo‚ÄĚ e que se diga, n√£o tem sido muito abordado pelas publica√ß√Ķes que referi.

O respeito dos pescadores, para com a pesca, para com outros pescadores e por √ļltimo, para com o meio ambiente. Pode parecer √† primeira vista ser um tema sem assunto, mas, do ponto de vista de quem como eu usufrui do mar, partilha o mar e fundamentalmente goza e respeita o mar, parece-me que por muito que se diga √© sempre pouco, h√° sempre algu√©m (infelizmente ainda alguns) que acham que as praias e o mar s√£o propriedade sua e que lhes assiste o direito de deixarem todo o tipo de detritos pelos locais onde passam. Este tipo de comportamentos, conduz, a atitudes cada vez mais restritivas por parte das autoridades, limitando e dificultando a pr√°tica da pesca, nas suas m√ļltiplas vertentes, quer pela imposi√ß√£o de licen√ßas cada vez mais onerosas, quer pela redu√ß√£o dos limites de capturas, quer ainda pelo encerramento de potenciais locais de pesca, √© certo que outras raz√Ķes existir√£o para a consecu√ß√£o destes desideratos, mas estas, que referi, concorrem para que as outras possam ser aplicadas com uma menor preocupa√ß√£o de argumenta√ß√£o e maior facilidade, n√£o adianta empurrarmos as culpas apenas para os outros, sem primeiro olharmos para n√≥s, perguntando:

Рo que é que fizemos para que isto acontecesse?

Ou melhor,

Рo que é que não fizemos para que isto não acontecesse?

Deixo aqui como primeira conversa de ‚Äúalgo sobre pesca‚ÄĚ, esta minha preocupa√ß√£o, que posso, em futuras conversas, abordar com maior profundidade, procurando, sem pretensiosismos, ajudar a mexer com as consci√™ncias de todos aqueles que dizem gostar, amar e que sentem o mar, mas que por vezes o ignoram.

Por: Fernando Fontes
“escreve sem acordo ortogr√°fico”

Partilhe:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como s√£o processados os dados dos coment√°rios.