Home » Atualidade » Internacional » Apelo pelo fim da brutal repress√£o no Ir√£o
Apelo pelo fim da brutal repress√£o no Ir√£o

Apelo pelo fim da brutal repress√£o no Ir√£o

A brutal repressão que impera no Irão, por parte das forças de segurança às ordens do regime dos Aytolas, ganha um maior agravamento, com a recente condenação à morte pelos tribunais iranianos, de cinco pessoas, por participarem nos protestos em massa que assolam aquele país do Golfo Pérsico.

Atualmente no Ir√£o, j√° se contam por centenas as pessoas que tem sido mortas, entre os quais, jornalistas, defensores dos direitos humanos, estudantes universit√°rios, m√£es, crian√ßas e muitas pessoas presas, submetidas a torturas, que desaparecem ou s√£o alvo de julgamentos injustos. Mais de mil acusa√ß√Ķes j√° foram feitas somente em Teer√£o e outras centenas proferidas contra pessoas presas, por todo o pa√≠s.

O regime que n√£o recua, passou a uma nova fase, promovendo execu√ß√Ķes p√ļblicas para reprimir a revolu√ß√£o, o que no entanto n√£o tem reduzido as manifesta√ß√Ķes e a√ß√Ķes de protesto nacional, com milhares de iranianos, a continuar a protestar nas ruas e nas redes sociais.

A AVAAZ, organização dos direitos humanos, apela ao apoio de todos para ajudar o povo Iraniano, com a assinatura de uma petição urgente, para que os povos e os governos democratas ajudem a parar essas mortes brutais, um apelo que será levado diretamente à ONU.

Os EUA, a Uni√£o Europeia, o Reino Unido e o Canad√° impuseram san√ß√Ķes a Teer√£o em decorr√™ncia das viola√ß√Ķes aos direitos humanos, mas muito ainda precisa ser feito.

O Conselho de Direitos Humanos da ONU re√ļne hoje em Genebra, na Su√≠√ßa, em sess√£o especial para discutir os protestos no Ir√£o. Esta reuni√£o pode levar √† cria√ß√£o de um mecanismo independente para investigar e punir as viola√ß√Ķes mais graves dos direitos humanos cometidas no Ir√£o, durante a recente repress√£o.

AVAAZ / CS

Partilhe:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como s√£o processados os dados dos coment√°rios.