Home » Sociedade » Associativismo » Associa√ß√£o Salvador envia carta ao Governo pela Inclus√£o
Associação Salvador envia carta ao Governo pela Inclusão
Associação Salvador envia carta ao Governo pela Inclusão

Associação Salvador envia carta ao Governo pela Inclusão

A Associação Salvador, entidade que tem por missão promover a inclusão das pessoas com deficiência motora, pede medidas de apoio para proteger o emprego de pessoas com deficiência.

Numa carta enviada à Secretaria de Estado da Inclusão das Pessoas com Deficiência e ao Instituto Nacional para a Reabilitação (INR), no passado dia 30 de março, a Associação Salvador solicitou esclarecimentos sobre quais as medidas de apoio que estão a ser avaliadas para proteger os empregos das pessoas com deficiência motora.

N√£o obstante ao momento excecional que o pa√≠s enfrenta, no qual nos deparamos com as mais variadas necessidades da popula√ß√£o, sendo obviamente a maior e mais urgente a de salvar vidas, √© importante continuar a lutar e a proteger as minorias que, em situa√ß√Ķes como estas, tendem, muitas vezes, a ser esquecidas ou relegadas para 2¬ļ plano.

Perante o cen√°rio de Estado de Emerg√™ncia decretado e de uma eventual crise, que se prev√™ sem precedentes, do pa√≠s, a Associa√ß√£o Salvador n√£o pode deixar de defender os direitos e proteger as pessoas com defici√™ncia, pertencentes a um grupo de risco e que, j√° em condi√ß√Ķes normais, se deparam com in√ļmeras dificuldades na obten√ß√£o de uma oportunidade de trabalho.

Com a crise, todos esses esfor√ßos poder√£o ser prejudicados, deixando estas pessoas em situa√ß√Ķes prec√°rias e de grande instabilidade.

No cumprimento da sua miss√£o de promover a inclus√£o das pessoas com defici√™ncia motora na sociedade e melhorar a sua qualidade de vida, a Associa√ß√£o Salvador n√£o pode ficar indiferente aos in√ļmeros apelos e demonstra√ß√Ķes de preocupa√ß√£o que tem recebido.

Neste sentido, a Associa√ß√£o Salvador prop√Ķe √†s referidas entidades o alargamento dos prazos para as medidas de apoio que o Estado coloca √† disposi√ß√£o das empresas e das pessoas com defici√™ncia , tornando mais est√°vel a sua situa√ß√£o profissional.

Em resposta, no dia 6 de abril, a Secretaria de Estado da Inclus√£o das Pessoas com Defici√™ncia, afirmou que ‚Äúa nossa prioridade de atua√ß√£o tem reca√≠do na execu√ß√£o de medidas extraordin√°rias e tempor√°rias de resposta √† epidemia, cuidando dos p√ļblicos mais vulner√°veis, onde naturalmente se incluem as pessoas com defici√™ncia ou incapacidade, mas, efetivamente, tamb√©m na execu√ß√£o de medidas extraordin√°rias de prote√ß√£o ao emprego de todos‚ÄĚ, acrescentando que, ‚ÄúAs propostas contidas na V/ comunica√ß√£o, s√£o conhecidas por este Gabinete, tendo-nos sido apresentadas por v√°rias pessoas com defici√™ncia, estando atualmente a ser analisadas junto dos outros gabinetes governamentais com compet√™ncias em mat√©ria de prote√ß√£o ao emprego‚ÄĚ.

Aproximadamente 8,2% da população portuguesa tem algum tipo de deficiência ou incapacidade. Destas, 28,8% encontra-se desempregada.

Em Portugal, a taxa de desemprego das pessoas com defici√™ncia est√° a crescer em contra ciclo com a taxa de desemprego no geral. Segundo o Observat√≥rio da Defici√™ncia e Direitos Humanos, entre 2009 e 2018 o n√ļmero de desempregados com defici√™ncia registados aumentou 41%, quando entre a popula√ß√£o em geral o desemprego desceu 38%.

A Associação Salvador continuará a acompanhar de forma firme e atenta a situação, lutando sempre pela garantia do direito à inclusão das pessoas com deficiência e disponibilizando-se para apoiar as entidades competentes na construção de uma resposta célere e eficaz para esta e outras temáticas.

Associação Salvador

Partilhe:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como s√£o processados os dados dos coment√°rios.