Home | Atualidade | Nacional | Até Março arderam 5.477 hectares nos 1200 incêndios
Até Março arderam 5.477 hectares nos 1200 incêndios

Até Março arderam 5.477 hectares nos 1200 incêndios

De Janeiro a Março, arderam 5.477 hectares de floresta em Portugal, nos 1.200 incêndios rurais que ocorreram, valores muito superiores aos verificados em igual período de 2020.

Dados enviados à agência Lusa pela Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) referem que entre 01 de janeiro e 25 de março, ocorreram 1.227 incêndios e um total de 5.477 hectares de área ardida, 83% dos quais em matos.

Segundo a Lusa, a “Proteção Civil apenas refere que os números deste ano se encontram acima dos valores ocorridos em 2020 para igual período”.

Comparando com os relatórios de incêndios rurais de 2020 do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) concluiu-se que este ano os fogos mais do que duplicaram em relação a março de 2020 e a área ardida é quase sete vezes mais.

Entre janeiro e março de 2020 tinham ocorrido 528 incêndios, contra os 1.227 registados até 25 de março, e a área ardida situava-se nos 786 hectares, enquanto este ano já arderam 5.477 hectares.

Os dados da ANEPC enviados à Lusa indicam também que foram nos distritos de Vila Real (236), Braga (151) e Viseu (150) que ocorreram mais incêndios desde janeiro.

Segundo a Proteção Civil, este ano ocorreram dois incêndios considerados de “grande dimensão” nos concelhos de Seia e Castro Daire.

No combate aos 1.227 incêndios estiveram envolvidos, desde o início do ano, 13.739 operacionais e 4.036 veículos e foram efetuadas 201 missões aéreas.

Lusa

Partilhe:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.