Autocarro 100% elétrico da Carris já circula em Lisboa

Autocarro 100% elétrico da Carris já circula em Lisboa

A CARRIS já tem novos autocarros elétricos a circular na carreira 706, entre Santa Apolónia e o Cais do Sodré. A linha 706 é a primeira carreira da empresa com autocarros elétricos, um passo importante na renovação da frota, no caminho da descarbonização total até 2040.

A CARRIS promove a mobilidade sustentável e tem como missão oferecer um serviço de transporte de qualidade na cidade de Lisboa. Está a ser feita uma forte aposta no maior conforto destes equipamentos, preservando a qualidade do ar e do ambiente.

Estes autocarros standard 100% elétricos, da fabricante nacional Caetano Bus, têm 12 metros de comprimento e capacidade para 71 passageiros, 34 lugares sentados, 36 de pé e 1 de Mobilidade Reduzida com rampa elétrica.

As novas viaturas apresentam zero emissões de poluentes atmosféricos, equipadas com baterias de última geração e extremamente silenciosos. Cada quilómetro percorrido com os novos autocarros elétricos evita a emissão de 1,5kg de CO2 apresentando ainda, uma redução significativa em termos de custos de energia e manutenção.

Estes veículos têm uma autonomia de 170 quilómetros e o seu tempo médio de carregamento é de 5 horas.

Hoje, a equipa do “Café da Manhã” da RFM fez a emissão a bordo da carreira 706, para inaugurar os autocarros elétricos da CARRIS. Entre as 7h e as 10 horas circularam entre o Cais do Sodré e Santa Apolónia, partilhando a viagem com os passageiros.

A apresentação oficial aos media foi feita na Estação da Pontinha seguida de uma viagem pela carreira, com a presença do Presidente da Câmara Municipal, Fernando Medina, do Vice-Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, João Paulo Saraiva, e do Vereador da Mobilidade, Miguel Gaspar.

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close