Boas perspetivas da hotelaria para 2016

Boas perspetivas para a hotelaria portuguesa para 2016

1070

As boas perspetivas da hotelaria para 2016, confirmam-se em abril, com Portugal a registar uma subida nos preços na ordem dos 13,89% face ao período homólogo, segundo o trivago Hotel Price Index.

A média nacional fixa-se neste momento nos 82€ por quarto duplo, contra 72€ em abril de 2015. A nível regional, destaque para as subidas no Norte (+15,94%), Algarve (+7,04%), Centro (+4,62%) e Açores (+3,95) face a 2015. Algarve e Açores surgem destacados na escalada de preços em comparação a 2014, sendo por isso destinos em particular ascensão este ano. Estas são algumas das conclusões do último estudo do motor de busca de hotéis trivago.pt.

Os dados do trivago Hotel Price Index, referem que o Norte tem registado subidas expressivas e apesar de ser este mês a região com o maior crescimento (+15,94%), são as regiões do Algarve e Açores que estão em particular ascensão face aos crescimentos de 2014. O Centro mantém subidas na ordem dos 5%, enquanto Lisboa, Alentejo e Madeira que registaram um grande salto no último ano, não evoluíram da mesma forma este ano.

Alentejo e a Madeira não protagonizam assim nenhuma variação dos preços face ao período homólogo, enquanto todas as outras regiões se encontram no positivo: Norte (+15,94), Algarve (+7,04%), Centro (+4,62%), Açores (+3,95%) e Lisboa (+0,96%). Já em comparação com o último mês, e típico desta época do ano, há uma generalizada subida de preços, particularmente na Madeira (+17,05%), Açores (+16,18%) e Lisboa (+12,90%).

Entre as principais localidades nacionais, Porto (+20,59%), Figueira da Foz (+15,09%) e Covilhã (+12,86%) são as três cidades que protagonizam, este mês, as maiores subidas de preços em relação ao período homólogo. No negativo, encontram-se Sintra (-12,63%), Évora (-2,38%), Funchal (-1,71%), Coimbra (-1,56%) e Lisboa (0,92%). As cidades mais acessíveis para pernoitar em Portugal em abril são Fátima (52€), Peniche (52€) e Portimão (57€), enquanto Cascais (133€), Funchal (115€) e Lisboa (108€) são as localidades mais caras.

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close