Home | Saúde | Campanha alerta para a prevenção da Osteoporose
Campanha alerta para a prevenção da Osteoporose

Campanha alerta para a prevenção da Osteoporose

A Osteoporose afeta um milhão de portugueses, atinge 17 por cento das mulheres e 2,6 por cento dos homens, facto que se explica pelo declínio hormonal que ocorre durante a menopausa acentuando a perda de matriz óssea e sendo a causa de fraturas graves.

A campanha de consciencialização que a Sociedade Portuguesa de Patologia da Coluna Vertebral (SPPCV) está a promover, alerta para a existência da doença, dos sinais e formas de prevenção, uma doença que é causa de fraturas graves.

Esta campanha é divulgada no âmbito do Dia Mundial da Osteoporose, que se assinala a 20 de Outubro.

“Não perca mais tempo. Aposte numa melhor saúde dos seus ossos!” é o mote desta iniciativa que está disponível nas redes sociais e junto das Unidades de Cuidados à Comunidade – Centros de Saúde, através de um vídeo informativo.

Para Miguel Casimiro, neurocirurgião e presidente da SPPCV, “o principal objetivo desta campanha é de alertar a população para a existência da doença, dos seus sinais e sintomas, dos fatores de risco e das formas de prevenção desta patologia, que é uma das principais causas de fratura, sobretudo, em pessoas idosas e do sexo feminino.”

Caraterizada pela diminuição de massa óssea, a osteoporose é uma doença do esqueleto que enfraquece os ossos, ou seja, que retira qualidade e resistência às estruturas ósseas, tornando-as mais vulneráveis ao risco de fratura.

Para além do impacto desta doença na qualidade de vida dos doentes, as fraturas osteoporóticas podem ter graves consequências, nomeadamente a incapacitação grave do doente, ou até mesmo a mortalidade. A probabilidade de vir a sofrer de osteoporose aumenta com a idade, mas a doença não é uma consequência inevitável do envelhecimento.

Partilhe:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close