Home » Sa√ļde » Cancros de pele provocados pela exposi√ß√£o solar
Cancros de pele provocados pela exposição solar

Cancros de pele provocados pela exposição solar

Todos os anos são diagnosticados em Portugal, cerca de 1.500 novos casos de melanoma, e em que cerca de 90% dos cancros de pele está relacionada com os exageros de exposição ao sol, sobretudo em idades jovens.

Situação igualmente preocupante em Espanha cerca de 7.500 casos de melanoma, que representam 4% dos tumores malignos de pele, são responsáveis por 80% das mortes, principalmente nos casos em que não são detetados precocemente.

Assim o confirma o dermatologista do Ribera Polusa (Lugo), Javier Concheiro. ‚Äú√Č um tipo de cancro de pele que nos est√°gios iniciais √© praticamente curado em 100% dos casos, mas em casos avan√ßados pode complicar-se‚ÄĚ, afirma.

Opinião partilhada por André Lencastre, Médico Dermatologista do Hospital de Cascais (Cascais), “o cancro da pele é um dos mais frequentes e a sua incidência tem vindo a aumentar, em particular devido aos hábitos de exposição solar, com particular relevo no nosso país.

De facto, a √©poca do Ver√£o e a realiza√ß√£o de campanhas de sensibiliza√ß√£o e publicidade comercial com vista √† preven√ß√£o e rastreio do cancro da pele, podem servir de recordat√≥rio √† autovigil√Ęncia e exame da pr√≥pria pele.

O melanoma, o mais grave dos cancros de pele mais comuns, quando detetado e tratado precocemente, √© cur√°vel. Surge, mais frequentemente, como um ‚Äúsinal‚ÄĚ com cor negra acastanhada cujo aspeto se modifica ao longo do tempo e √© diferente de todos os restantes na pele de uma pessoa. Contudo, existem outros tumores malignos na pele, como o carcinoma basocelular e espinocelular, que urgem ser tamb√©m corretamente tratados para evitar a sua progress√£o e riscos para a sa√ļde e bem-estar.

Este tipo de tumor, surge n√£o raramente, sobretudo em √°reas da pele sujeitas √† exposi√ß√£o solar prolongada, como na face, no dorso das m√£os ou bra√ßos ou no tronco e toma o aspeto de duradoura ‚Äúferida que sangra e n√£o cicatriza‚ÄĚ.

Al√©m dos cuidados de prote√ß√£o do sol (uso de fotoprotetor, vestu√°rio adequado e exposi√ß√£o ao sol apenas nas horas mais seguras), aproveitem as suas consultas m√©dicas para avaliar ‚Äúsinais‚ÄĚ. O rastreio de cancro cut√Ęneo √© f√°cil de realizar, indolor e permite salvar vidas.‚ÄĚ, conclui o Dr. Lencastre.

A prote√ß√£o correta envolve o uso de cremes foto protetores, o uso de chap√©us, √≥culos e t-shirt, al√©m de evitar a exposi√ß√£o solar ao meio-dia. “√Č importante ter prud√™ncia e bom senso, use fatores de prote√ß√£o altos, n√£o se esque√ßa de reaplicar o creme de vez em quando e ap√≥s o banho, e evite a exposi√ß√£o ao sol quando o fator de radia√ß√£o for igual ou superior a 8‚ÄĚ. Adicionalmente, a Dr.¬™ Pardavila recorda que estas medidas “devem ser tomadas n√£o s√≥ quando se vai √† praia, mas tamb√©m quando se realizam atividades ao ar livre, como caminhar ou praticar desporto ou trabalhar ao ar livre.‚ÄĚ

Partilhe:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como s√£o processados os dados dos coment√°rios.